Desafio de Escrita #15 - Um Medo Forte

Eu não tenho medos, logo depois de falar sobre o futuro, o desafio pede que pensemos sobre o medo. Tendencioso... Hahaha

_______________________________________________________

Medo é uma forma do nosso inconsciente nos defender do que não conhecemos. É, isso é muito bom. Pessoas sem medo como eu tendem a correr riscos desnecessários. E tragédias acontecem, na maioria delas, tragédias gregas, mais dramáticas que drásticas, ainda bem.

Mas medo pode tanto transformar-se como disfarçar-se. E quando você perceber, pode ser tarde demais.
Meu maior medo, o medo forte como pede o desafio, eu sinceramente não sei nomear.

Será que é um medo meu, ou o medo de nossa sociedade transmitido tão ferozmente e calorosamente que ele acaba por me influenciar?

Um medo forte pode ser de aranha, de escuro, de morte.
Mas de morte, o medo mais forte, eu não tenho não.
Sei bem o que me espera depois da morte e sei também que não vou morrer fácil, afinal tenho muito o que fazer.

Tenho um certo medo das pessoas que não se esforçam e não saem do desconforto de não evoluir. Credo, teria muito medo de ser assim, mas não sou, então não tenho esse medo.

Qual medo eu me permito ter?
Talvez seja essa a melhor pergunta. Talvez.
Porque nenhuma resposta com medo me vem.
Eu tenho muito receio de que algo me aconteça, mas não é medo, é que a surpresa me deixa apreensivo, não saber como agir, se farei certo ou errado. Isso não é medo, é?

Sei que se tivesse um medo que fosse mais forte que eu, teria com certeza dito. Mas não tem nada mais forte que eu que não seja Amor e por esse motivo, meus medos e receios são vencidos sem grandes sacrifícios.
É uma vida de voos livres...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...