Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

Doe uma Palavra - Flores...

Imagem
Estava esperando muito pela doação da palavra da Carla, ela trabalha comigo e fiz o pedido da palavra quando lancei o livro Ensaios Umikizu, mas como nada acontece por acaso, ela só conseguiu fazer a doação agora e acredito que não havia melhor momento, pois Flores representam muito bem o Amor e fiquei muito feliz.

Carlinha, só não pude deixar a mudança de lado, ok? Muitas flores para você.

Percorrendo um caminho confortável, brisa suave durante a tarde, passeava pela cidade para onde me mudei. Era um sábado agradável e conhecer o novo mundo onde me instalava era uma aventura divertida.
Havia casas muito modernas naquela vizinhança, arquitetura finíssima, pareciam saídas de uma revista. Jardins bem verdes, desenhados e organizados, área para confraternizar com os amigos, um quintal para crianças, provavelmente, estilo de mansões, mesmo em casas humildes, mas pareciam frias.

Continuando a caminhada conheci a praça onde os jovens se encontravam aos finais de semana, havia bares e lanchon…

Terra dos selvagens em harmonia...

Imagem
Senti vontade de escrever sobre o verdadeiro povo do Oeste. Quem sabia viver em harmonia com a Natureza e em sociedades colaborativas. Um viva para nosso povo verdadeiramente americano, os índios e sua sabedoria quase esquecida.

Terra dos "selvagens" em harmonia
Eis que foi nas Américas que nasceu o verdadeiro povo do oeste.
Aquele que é muito sábio e que nunca envelhece.

Quando "descoberto" este povo, em terras livres de preconceitos, foram taxados de selvagens, quando na verdade eram apenas curiosos.

Quem dera fossem mesmo selvagens e muito bravos, para que os invasores tivessem expulsado!
Hoje teríamos natureza, de beleza incomensurável e paz pelas terras férteis do oeste.

Acreditamos somente na história do desbravador, sem ao menos pensar nas vidas calmas do povo que sabia como viver em harmonia com o natural e que até hoje morre defendendo seu jeito simples.

Em que mundo vivia o colonizador? Que não encontrou no olhar curioso a sabedoria oculta de quem não viv…

Entendimento é um click!

Imagem
Numa reflexão rápida, mas num dia cheio de entendimentos imediatos, pensei enquanto chegava em casa:
- Poxa vida, as vezes explicamos alguma coisa inúmeras vezes e não conseguimos que a pessoa compreenda, no intuito de passar sua experiência e seus conhecimentos para um colega, por exemplo, contando nossa vivência, dando exemplos, mudamos de estratégia e começamos a fazer parábolas, contar através de uma pequena história, transformamos e reduzimos os argumentos em pequenas possibilidades de sim ou não, ficando exaustos ambos quem explica e quem ouve tantas formas diferentes de uma mesma situação e o resultado é o mesmo: nada de cair a ficha.
Frustramos o colega, que provavelmente precisava de ajuda, ficamos arrasados por não conseguir ajudar e a pulga vira o Godzilla atrás da sua orelha de tamanho desentendimento. Onde foi que eu errei? Que argumento não usei ou não soube explicar de forma clara? Qual o meu problema? AHH!!!

Bem, vivências e experiências são únicas para cada um e noss…

Escrever é trocar...

Imagem
Este ano eu publiquei meu primeiro livro, Ensaios Umikizu, e estou em cheque por fazê-lo. Depois de 8 anos de muito trabalho no blog que deu o nome ao livro, escrevendo com a alma, com o coração e com todas as fibras do meu ser, agigantado e minúsculo dependendo do texto e do momento, sem diminuir o valor e muito pelo contrário, durante cada obra, que quis chamar de ensaios mesmo não sendo para a classificação literária o nome mais apropriado, porque através deles eu pude chegar ao ato final e apresentar o trabalho agora finalizado. Um livro inteiro. Sonho de criança realizado.
Fico contente com o resultado, mas não sei se contente com a repercussão. A razão é simples: Não escrevi um livro para comércio, escrevi um livro para passar uma mensagem: O Amor! E é muito complicado entender esse tal de Amor com “A” maiúsculo. Para fazer um paralelo direto e de fácil compreensão do seu verdadeiro significado, o Amor é Deus. Até aí tudo bem, é fácil fazer um paralelo, mas quando digo e afirmo…