Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Sempre tão longe...

Veja, meu amigo, eu não quero incomodar demais, mas estamos nos incomodando muito pouco, por isso vou sim te cutucar. Sem machucar, já estamos muito feridos. Não só no dia a dia pelos nossos afazeres cada vez mais atribulados e acumulados, mas pelos companheiros de jornada que nos trazem sempre más notícias. São os destaques nos jornais e na mídia em geral. Os acidentes nas principais pistas do país, o falecimento de algum desconhecido da cidade, os desastres no mundo e os jovens fazendo algazarra pela educação, imagina!

Qual é o problema? Está faltando coisa boa pra gente falar, não é? Ou tá falando da vida dos outros pra esconder a sua? Bem, isso não é da minha conta, concorda? Pois se concorda, também não é da sua conta a vida dos outros. Vamos melhorar o clima, para melhorar a vida de quem anda perto da gente? Para melhorar o mundo.

Mas é mais fácil reclamar… E a política? Que vergonha. Não dá mais pra viver no Brasil. É corrupção daqui, é político que se esconde de condenação de cá, e a divisão de partidos está mais confusa que a população, que se dividiu em dois grupos: os que tomam partido e protestam nas redes sociais e os que não apoiam coisa alguma! “Tudo farinha do mesmo saco!” eles dizem, sem saber que o povo, eu e você, também estamos dentro desse mesmo saco. Se a gente não peneirar de vez, nunca vai separar o joio do trigo e vamos manter esse estado de calamidade. Que tende a piorar.
E soluções todo mundo tem, o problema é que nunca nos escutam, não é? Basta você entrar num debate que várias soluções aparecem, fácil e prático! Já se perguntou por que nada tem dado resultado? Acredito que não é essa a pergunta que deve ser feita. Na verdade, você já parou para se perguntar se você mesmo leva sua solução para o dia a dia?

Se ao invés de reclamar e desabar os seus problemas, e os problemas que carrega consigo, dos outros, nos outros, você olhar para o céu e perceber que o dia está bonito hoje, que é sim um bom dia para sorrir e um dia melhor ainda para encontrar o seu colega de trabalho, sua família e seus amigos e compartilhar com eles um Bom Dia.
Vai perceber que, aos poucos, o peso que carrega vai aliviando nos ombros, com o tempo, os assuntos que chegam até você vão mudando e que as reclamações, que tanto incomodavam, hoje transformaram-se em boas notícias e elas preenchem o seu dia com mais e mais frequência. Seja o bom exemplo, e acredite, eu sei que não é fácil, mas aos poucos vai perceber a mudança acontecendo ao seu redor e influenciando as pessoas com quem se relaciona. A realidade que parecia estar sempre tão longe, vai se aproximando para que possa enfim relaxar. Permita-se ser o verão de suas andorinhas, já que uma andorinha só não faz o verão.

sempre longe

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!