Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Enquanto Índigo...

Índigo...
Por enquanto, eu sou só mais um chato.
E é terrível o meu papel. Eu sou o chato que aponta pros seus erros.
Tá errado. Você está enganado. Está fazendo tudo ao contrário!
Pois é. Eu sou do Amor, mas meus caminhos não são da paz.

Não sou um Cristal, sou Índigo. Não estou aqui para aliviar a barra.
To aqui pra pesar a mão, te colocar na linha, apontar o dedo na sua cara feia.
Acorda, mermão! Tu tá vivendo de ilusão, a culpa não é minha.
Só to aqui pra te tirar da lama. À força se for preciso. Acorda!

Acorda, seu merda! Acorda seu preguiçoso de uma figa!
Acha que a vida é fácil? Vai comprar rapadura, vai comer feijão com farinha,
busca outro emprego, não se contente com pouco, não se contente com a matéria.
Não se contente com nada que seja comprável, aprenda a amar. OU SENÃO!!!!

Senão, você vai continuar sofrendo, meu caro. E eu serei seu carrasco.
Não, não é legal e eu não to curtindo, mas é necessário. Se ninguém te cutucar...
Você vai continuar um merdinha sentado no sofá sendo alienado por inanição.
Enquanto você acreditar na farsa que é sua vida, estaremos todos condenados.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!