Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

sábado, 9 de janeiro de 2016

Crítica do filme "Bekas, para o alto e avante"...

Enquanto fazia uma pesquisa sobre o sonho de voar, me deparei com o filme iraquiano "Bekas, para o alto e avante" (2012) do diretor Karzan Kader e que é um longa inspirado no curta de mesmo nome feito em 2010. Fiquei impressionado com o filme, levando em consideração que não deve ser nada fácil fazer um filme no Iraque, especialmente um que leve ao público questões políticas, a qualidade técnica é boa, a fotografia é excelente e, o que pra mim foi mais importante, o roteiro condiz com a realidade do pensamento e da situação dos personagens: dois órfãos pobres que vivem no limite da sobrevivência, duas crianças, portanto eles pensam, agem e falam como criança. Vi criticas ao filme sobre diálogo pobre, penso o contrário, ele é rico em mostrar a realidade e não o que o público espera ver.

Bekas conta a história dos irmãos curdos, Dana e Zana, órfãos da guerra criada pelo ditador Saddam Hussein no país, que vivem em condição paupérrima e ganham dinheiro como engraxates. Apesar de algumas pessoas ajudarem os dois, eles não tem casa e vivem ao relento. A história começa quando eles assistem o Superman numa janela no telhado do cinema e Zana, o mais novo, decide que vai para a America para encontrar o Superman e pedir que ele resolva seus problemas, batendo em todos que fizeram mal aos irmãos, começando por Saddam. A história se desenrola de forma surpreendente pois mesmo sem dinheiro e sem condições de conseguir passaporte e passar pelas fronteiras do Curdistão e do Iraque, Zana e Dana não desistem da viagem e fazem tudo que podem para chegar até o Superman.

Além da fotografia e da habilidade com que o roteiro trabalhou a visão inocente e inexperiente dos dois meninos, trata de temas muito cativantes como o amor, as travessuras das crianças quando querem atingir seus objetivos e de temas mas sérios, de forma indireta, mas sempre presente, como a guerra e a situação de guerra e desprezo que vive o povo curdo. Com momentos de humor e de drama na medida certa, Bekas é um filme que vale a pena assistir e guardar os meninos Dana e Zana no coração.
Para quem ficou curioso, o filme está disponível no youtube:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!