Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Corpos...

Movimentos, reações, espreguiçar...
Cada, sutil, subir e descer do peito
De olhos fechados, despreocupados
É desse jeito que quero me lembrar

Aos poucos reclama algo ininteligível
Vira-se, como numa pirueta onírica
Desenha com os braços uma parábola
E me beija num abraço inconsciente

Fico louco com seu sono profundo
Seu carinho incomum que surpreende
Nos momentos impensáveis de sonho

Mais uma espreguiçada e um bocejo
Tenta abrir os olhos, mas sorri primeiro
E quem sonha sou eu, ao te observar...


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!