Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Folhas em branco...


Todos somos folhas em branco
frágeis e enormes folhas de papel
sagradas e valiosas para a criança
rasgada e cansada para o adulto.

Tudo nos marca e fica no papel,
qualquer risco fica pra sempre,
mesmo de levinho,
mesmo se passar a borracha.

Quem você deixa te marcar, nem sempre,
te deixa se expressar também, não é?

Nós somos folhas frágeis de papel em branco,
que aceitam tudo e recebem cada toque, então,
não amasse, nem ignore, nenhuma nova folha,
ela pode ser tudo, até o que você quiser.

2 comentários :

  1. Somos todas folhas em branco sendo preenchidas a cada novo dia. Folha por folha está sempre sendo moldada a cada minuto que vivemos; e no fim, apenas no fim de tudo é que nosso livro estará pronto.

    Adorei o poema. Parabéns!

    http://escritos-rabiscados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá..
    Gostei muito da sua comparação ..
    Fez me pensar. ..
    Isso e bom ..
    Continue escrevendo assim tão bem .
    Parabéns por o seu trabalho

    ResponderExcluir

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!