Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Enormidade...

Sou do tamanho do meu Ser...
- Ah... Eu adoro essa sensação.
- Qual sensação?
- Essa sensação de que a gente é enorme, bem maior do que a gente realmente é. Dai você se mexe um pouquinho e parece que tem algo pequenino que você envolve pela sua enormidade. Por exemplo, agora estou sentindo como se minha mandíbula fosse enorme e meus dentes fossem do tamanho normal, dai quando eu mexo a boca ou bato os dentes, parece que eles são bem pequenininhos, fazem barulho lá longe na enormidade que é minha boca.
Nunca sentiu isso?

Ou então, quando parece que a gente ta sozinho numa imensidão branca. É uma sensação gostosa, que pra mim relembra a sensação de tocar no veludo. Difícil de explicar porque parece veludo, entende? A gente é enorme por inteiro, parece que cabe naquele imenso branco inteirinho, e ao mesmo tempo é minusculo! E pode andar pra sempre e fazer o que quiser naquele espaço que é só seu, todinho branco, limpo, livre!

Nessas horas nem da vontade de se mexer muito, só o suficiente pra confirmar que você está daquele jeito, ou naquele estado de enormidade. Um movimento pequeno das articulações, com os olhos fechados, você comprova e aproveita aquele estado que só acontece de vez em quando, normalmente quando está distraído e então percebe o seu tamanho verdadeiro e se desprende desse mundo doido. É uma epifania imediata que te liberta dos limites do corpo, ou nesse caso que faz a gente sentir o corpo solto, enorme, gigante!
Sentir o corpo enorme naquele espaço branco então é experimentar o "Nirvana", com toque macio e nostálgico de veludo...
- Você ta sonhando acordado. Vira pro outro lado e dorme. - sorri meu amigo - Boa noite.
- Ahhh, sonho essa sensação desde criança... Humm, boa noite...

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!