Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Um imprevisto de Ano Novo...

Pensar no amanhã é uma aventura à parte. Tantas possibilidades. Você viaja em você mesmo.
O que será que vai me acontecer daqui a 10 ou 30 ou 50 anos? E um você mais velho vem responder:

- Daqui 10 anos, você vai estar bem empregado, a economia ainda não ajuda e por isso você ainda paga sua casa com muito esforço, mas consegue viver bem. Você se casou, sabia? E é feliz!

- Mais 20 anos se passaram. Incrível como o tempo passa e a gente nem vê! Seus filhos já pensam que são grandes o suficiente para te dizer o que fazer. É engraçado e você concorda, claro. Você é feliz com seu companheiro, na sua própria casa e fazendo viagens legais conhecendo um pouco do seu país. Aqui é lindo, sabia?

- É... quando chegamos nessa idade a vida começa a fazer mais sentido. Quem me dera ter a sua idade com a cabeça que tenho hoje. Mas aí eu não teria chegado até essa idade. Não mesmo! Ai ai, como é bom relembrar o passado e ver que eu vivi muito, mesmo que naquela época achasse pouco. Veja! Eu estou mais que feliz. Só me doem as costas. hahaha

Apesar de essa ser a resposta de todo mundo quando pensamos nos anos vindouros, não concordo muito com essa generalização, e tive que controlar meu senso aventureiro e louco ao escrevê-las.
Por quê o fiz? Bem... não controlei tudo. Coloquei a impossível felicidade em todos eles, já que de tão impossível, ela me acompanha todos os meus dias, até hoje. Eu contrario o tempo e a mente coletiva de onde vivo e me convenço sem muito esforço de que sou feliz, e tenho momentos de infelicidade, apenas.

Quando penso em 10 anos à frente, me lembro dos 10 anos atrás primeiro, faço uma pequena retrospectiva que me mostra que nesses anos todos, eu pude sempre aumentar meus feitos em quantidade e qualidade, por isso não penso em uma vida pacata como nos comerciais de margarina. A vida nos filmes é atraente, mas insossa... Pode ser que de repente apareça na minha frente um alien, um espírito, um cabrito ou uma paca! E aí sim as coisas ficam interessantes. E ao contrário do faz de conta, não vai durar alguns minutos, mas sim todos os meus longos anos. E pra isso que nasci.
Pra isso que nascemos todos nós, para lidar com o imprevisto diário e fantástico que é viver.

Feliz Ano Novo! `^^´

Felicidade, Paz, Amor e Prosperidade!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!