Soneto da saudade...

A busca da felicidade
não é uma bobagem
é enfrentar toda a verdade
que não podemos negar

Interessante seria poder
acabar de vez com o sofrer
expressar os sentimentos sem medo
e poder confiar a um amigo um segredo

Tristeza não existe, amigo
o que existe é a falta de felicidade
que provoca na cabeça profundidade

Quem entende dos seus momentos
transforma a realidade dos eventos
que ocorrem no coração


Poema de 2007, quando estudava Comunicação, registrado num caderno perdido, cujo qual era também escrito de trás pra frente, com as coisas da cabeça quente de um jovem sem muita razão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...