Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

E quando você vai melhorar?

"Bem que se quis, depois de tudo ainda ser feliz"...
Bem interpretou Marisa Monte, mas vamos levar essa reflexão além, pois precisamos ser felizes mesmo com o pouco que temos, e já que temos cada vez menos, que sejamos heróis de nós mesmos e não dos outros.
Individualize-se consigo mesmo, pense mais em você, mas não se iluda com a sensação de ser o dono do mundo. O mundo é maior e já aprendeu essa lição que todos nós patinamos a vida toda pra entender. Somos donos de nós mesmos, e só. Quiçá de nossos corpos que deterioram com o tempo e com o oxigênio que precisamos para sobreviver. Veja só a ironia de viver, precisamos do que nos destrói para continuarmos aqui, para conseguir continuar temos que usar de combustível o que no final nos matará. O mal mesmo é perder-se em mais uma ilusão, de que vivemos para sempre, ou pior, que não temos tempo suficiente pra viver.

Confuso como deve ser, viver não é bolinho de chuva com açúcar e canela. Viver é desafiar-se e destruir as ilusões que envolvem nosso mundo desde o nascimento até o fim dos tempos. Enquanto acreditarmos na pior das mentiras, a egótica máxima de que somos o centro do universo, estaremos presos na força gravitacional do Todo, o centro atrai tudo, bem e mal com toda intensidade. Que tal aproveitar o universo em seus vários ângulos e dimensões para desfrutar do Todo que é você? Basta morrer em si. É suficiente que se enforque em palavras que te deixam mais leve, ou em atitudes que vão contra sua zona de conforto, estourando essa bolha de perfeição que também é o véu ilusório que te deram de presente por ser humano.

Quantas vezes você já se deixou desafiar? Por quantas vezes você se questionou e argumentou contra o que você é hoje? Essa é a verdadeira liberdade, ir contra você mesmo e vencer. Enfrentar os seus medos e ser mais forte que suas coragens. Destruir o seu velho eu para que um novo você renasça melhor e menos covarde. Faz um teste. É difícil no começo, como tudo na vida, mas depois que você experimenta a leveza de se renovar, de mudar de opinião, a liberdade de estar errado sem ninguém pra te julgar... Liberdade e loucura sem nenhum remorso! É disso que to falando.

Assim quem sabe aquela luta que tanto te derruba passe de uma dificuldade para um desafio. Os problemas mudam de cor e de preto ganham tons acinzentados cada vez mais brandos, até sumirem. E a sua visão melhora, cresce, aumenta, te faz vez o que estava à um palmo do nariz, e além. Além do arco-íris! É pra esse lugar que você deve focar suas forças, ajustar as velas e seguir sem medo. Mas para saber que ele existe é preciso procurar, ele está dentro de você, aquele lugar ao Sol, que te fará feliz da vida e completo como um só.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!