Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Caminho pra casa...

Caminhava! Sim, eu caminhava, e chegava um passo de cada vez mais longe de onde realmente queria chegar. Seria simples explicar, dizer que na realidade não devia partir, mas precisei, então fiz. Fiz aquele cruel esforço de romper a casca e sair. Saí!

E daí? Nada mudou, sabia? Eu estava bem, e agora estou bem mau! Enrascado e enrolado com a justiça e com o fiscal, tudo ao mesmo tempo. Talvez agora me candidate a presidente! Se não ganhar torno-me então oficial perdedor, apoiador do povo que perdeu tudo e talvez sobre uma sobrinha no ministério. Quem sabe?

Daí eu estou com a vida resolvida de novo. Não importa muito qual será o próximo escândalo no qual me envolva, virei mídia, to na boa! E as cumplicidades de ser um errante tornam-se pura estória! Sabia? É, estou eu na primeira página do jornal, na teve e no comercial.

Sou artista! Riam e chorem com minha trama dramática, minhas poses históricas e minhas vestes de luxo, que vieram diretamente do brechó arsenal. Que incrível! Ele é genial! Estou feito, sou sucesso internacional! E qual a barreira agora?

Não há! Não tenho nada pra me barrar e o único jeito é continuar a caminhar, sempre em frente, mesmo querendo dar meia volta e retornar ao meu próprio lugar. Continua, caminha, voa, navega e dirija-se ao infinito. E nem um pouco me surpreendo ao perceber que meus passos deram a volta por si próprios e no mundo todo. E lá estava eu de novo no meu recanto, no meu lar!


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!