Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Nós...

Não sei pensar na primeira pessoa do singular. Eu... é tão meu isso... Incompleto e pode ser muito mal interpretado. Quando não é egoísta, mesquinho, insensível. Não é como Nós que temos tudo, eu tenho só o que me pertence, e como nunca estou satisfeito, prefiro que nós estejamos juntos, com tudo, tudo mesmo.

Talvez isso seja possessividade, também pode ser a vontade de ter o que não me pertence ainda. A ambição calma de poder sem tanto sofrimento, e a companhia de nossas conversas. Algo que nos pertença é livre, está em nós dois, em mais de nós. O que é meu, só meu, não nos importa, não sai daqui nem que você me peça.

Todos nós somos livres, e juntos temos muito mais força para fazer a vida acontecer, nós somos muito mais juntos que uma só pessoa, que só eu posso ser, mesmo sendo seguro do que posso fazer sendo eu, mas que isso passa a ser uma afronta a você: "como é arrogante esse solitário"! Só não duvide da minha palavra...

Eu sou só um, sou só eu. Nós, não importa o número, seremos sempre nós, com a força do plural, a pluralidade cultural e a soma de conhecimento e sabedoria que podem fazer a diferença no final. Então, sem esquecer que você está conosco, faça como eu e acredite que NÓS somos capazes de fazer a vida mais bonita, o mundo melhor e tudo que todos nós temos valer a pena!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!