Um momento para a vontade...

Quero te usar.
Não precisa de muito, só quero que seja como preciso.
Tenho um desejo, uma urgência de realizar-me num corpo firme e forte, que me faça delirar.
Uma só vez, e depois você pode ir embora se quiser.
Uma vez para que este desejo se cale e a curiosidade seja apagada, que no restante dos meus dias, eu possa tê-lo como comum.

Eu preciso te usar.
Não faltaria carinho, é desejo não é vulgaridade.
É como uma necessidade de te passar as mãos, sentir seus músculos, todas as curvas e espaços entre eles.
Seus braços fortes, o peitoral desenhado ligando o abdome numa rede de linhas retas e salientes até a virilha.
As coxas largas das pernas grossas que conseguem mantê-lo em pé quando me carrega nas costas largas onde me prendo, sentindo seus movimentos e seu coração.

É desejo de saber.
Viver algo que me desenham como maravilhoso, como incomparável!
Entender que além dos sacrifícios que você fez, não existe mais nada além do palpável.
Sentir os seus braços maiores que eu me apertar e me segurar no ar sem dificuldade e sem vontade de me soltar.
Mas fazendo valer que não é diferente de ninguém mais.
Finalmente entendendo qual é o sabor desse corpo monumental.
Sem defeitos, que faz o meu corpo tremer, querer, ceder e te controlar sem limites.

Uma experiência.
Se pudesse ao menos tentar e visualizar os seus sentidos.
Quero-te não por volúpia ou interesse.
Desejo-te do coração, e na mente uma porta fechada precisa ser estourada pelo seu sexo.
É o único jeito. O único sentido que eu preciso.
Sem pesares, sem problemas, sem dilemas para nos parar.

Quero-te, meu desejo, minha ilusão.
Apenas por um dia para saciar a vontade que me faz sentir.
Você vai querer ir embora? Vai ficar comigo?
Se ficar seja bem vindo, seja bem quente, seja carinho.
Se for embora, que seja realizado como eu estarei.
Se for, não volte mais, pois eu já não saberei mais te querer da mesma maneira.
Se for... adeus!

Comentários

  1. Muito bom esse seu texto. Gostei bastante. "... seja carinho." Parabéns, beijo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!

Postagens mais visitadas deste blog

Ensaios Umikizu - um sonho em forma de livro no Catarse!

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...