Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

sábado, 28 de dezembro de 2013

Os nossos mundos...

As pessoas se perdem em seus sonhos, acontece bastante, e quando acordam é como se tivessem segurado a respiração por tempo demais e então enchessem os pulmões de uma só vez, violentamente.
Os olhos abertos doem, a luz te deixa confuso e você se apavora por ter voltado a existir.
Naquele pouco tempo que não era mais vivo, desprendeu-se do seu corpo e mente, entregue ao cosmos e a grande força que nos envolve.

Pode parecer estranho, mas estar solto nessa grande teia é na verdade estar vivo e por isso também voltamos eufóricos, pois vivemos em duas realidades completamente diferentes ao mesmo tempo.
Nós humanos não estamos preparados para essa experiência, somos limitados à nossa realidade que já nos soa tão complexa, por isso nos assustamos e ficamos desconfortáveis com múltiplos mundos e nos confunde quando temos a possibilidade de dar de cara conosco em espírito.

Estamos sendo doutrinados à pensar que só existe o meio material, o que nos afasta cada vez mais do nosso próprio espírito, da nossa realidade. Somos um mundo inteiro, que existe independente dentro do nosso corpo, nossa mente e nosso espírito. Uma trindade que se forma única e se propaga em nossas ações e existência material na Terra e no "Agora", mas que recebe influente quantidade de energia do cosmos e dos outros planos, pois tudo está ligado ao Todo por uma linha tênue de energia. Somos muitos fios, que se deixados ao destino, controlam nossa vida como marionetas!

O mundo interno, é o que somos, segue pois é nossa verdadeira morada, onde estamos plenamente e eternamente. É nosso infinito, onde tudo que pensamos e criamos é possível e verdadeiro.
O mundo material é a morada temporária do nosso mundo interno, é o corpo que recebemos quando nascemos e vivemos em comunhão com os outros corpos das outras pessoas, em contato com Gaia, o mundo físico.
O mundo espiritual é onde vivem todos os mundo em grande comunhão com o Todo. Neste meio, estão outros mundos, e outras realidades, que vivem interligados pelas energias do Universo.

Nesse ínterim, temos uma interpretação de como funcionam as correlações energéticas entre o material, o espiritual e o interno. Tudo está ligado, tudo tem seu tempo, não podemos ignorá-lo.
Hoje temos muita informações e muitas formas de cuidar de cada um dos mundos, mas são mesmo tantas opções e cada um fazendo o seu marketing com tanta vontade de adquirir seu mundo interno como um produto, que ficamos mesmo é perdidos no caminho, nos entregando ao mundo material e à finitude de nossa existência, cansados demais com as tarefas do dia a dia para prestar atenção à nossa infinitude que parece tão longe e irreal.

Sei da concorrência em cuidar da sua alma que as religiões oferecem, sei que é mais fácil simplesmente rezar uma "Ave Maria" antes de dormir e crer que isso é suficiente para não se perder no limbo da humanidade, mas o que lhe basta é o que te salva. Acreditando nessa oração, você traz um pouco de paz ao seu espírito.
Quem me preocupa é quem deixa de acreditar, e deixa de fazer e deixa de se importar até deixar tudo pra lá.

Busque a paz para o seu mundo, e isso pode ser feito de tantas maneiras diferentes, nem necessita envolver religião ou rituais que hoje em dia não fazem mais sentido. Entenda-se com seu mundo, busque paz e envolva-o de muita luz.
Fazer isso é fácil quando você faz o que te alimenta a alma. O seu hobbie de ler um livro, que te traz paz e faz bem, é uma forma de alimentar seu mundo interior, contanto que coloque naquele ato este sentimento e esta finalidade.
É o começo para que cuide de seu mundo interior e depois que ele estiver mais forte, vai conseguir entender suas necessidades e fará sem pesar o que precisa para manter-se vivo durante a sua passagem no mundo material, para que ele brilhe livre quando sua matéria morrer na Terra.

Mais uma vez, isso é independente de religião ou crença.
Caso não acredite em reencarnação ou vida após a morte, que tal cuidar para que sua passagem para o mundo dos mortos ou para o paraíso seja pacífica e brilhante.
Faça de cada momento de sua vida uma realização, uma existência que pode ser sentida e vivida por quem te acompanha, seja um propagador e sintetizador de boas energias e boas lembranças aos seus companheiros de viagem.
Cuide do que é seu, só seu, que está dentro de você e fora de você, sua parte mais preciosa.
Sua vida real!

Holy Family - Alex Grey - alexgrey.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!