Instrução vs Educação...

Em uma discussão por esses dias fui desafiado a entender sobre instrução e educação, a relação entre as duas e suas implicações.
Bem, é simples distinguir e muito fácil confundir!
Não é porque o sujeito é bem educado que ele é instruído.
Não é porque é instruído que necessariamente teve boa educação.
Na verdade para entender isso melhor, acredito que outros fatores deveriam ser aplicados, mas como não quero complicar ainda mais as coisas aqui, vou deixar o dicionário confundir vocês:

Educação - e.du.ca.ção
sf (lat educatione)
1 Ato ou efeito de educar.
2 Aperfeiçoamento das faculdades físicas intelectuais e morais do ser humano; disciplinamento, instrução, ensino.
3 Processo pelo qual uma função se desenvolve e se aperfeiçoa pelo próprio exercício: Educação musical, profissional etc.
4 Formação consciente das novas gerações segundo os ideais de cultura de cada povo.
5 Civilidade.
6 Delicadeza.
7 Cortesia.
8 Arte de ensinar e adestrar os animais domésticos para os serviços que deles se exigem.
9 Arte de cultivar as plantas para se auferirem delas bons resultados.
E. física: a que consiste em formar hábitos e atitudes que promovam o desenvolvimento harmonioso do corpo humano, mediante instrução sobre higiene corporal e mental e mediante vários e sistemáticos exercícios, esportes e jogos.

Instrução - ins.tru.ção
sf (lat instructione)
1 Ação de instruir.
2 Ensino, lição, preceito instrutivo.
3 Explicação ou esclarecimentos dados para uso especial.
4 Educação intelectual.
5 Conhecimentos adquiridos; saber.
6 Dir Conjunto das formalidades e informações necessárias para elucidar uma causa e pô-la em estado de ser julgada.
sf pl 1 Informações fornecidas com determinada finalidade.
I. primária: conjunto de noções rudimentares do saber humano. 
I. pública: a que se dá nas escolas públicas a expensas do Estado. 
I. secundária: conjunto das disciplinas que se ensinam depois da instrução primária, e que habilitam o estudante para a instrução superior. 
I. superior: a ministrada nas universidades e escolas científicas.

Como podemos ver pelas definições, uma engloba a outra, em vários momentos, então como diferenciar, não é?
Posso até estar errado, mas eu simplificaria isso dessa forma:

Educação: Ato ou efeito de educar através do aperfeiçoamento das faculdades físicas intelectuais e morais do ser humano; processo pelo qual uma função se desenvolve e se aperfeiçoa pelo próprio exercício consciente das novas gerações segundo os ideais de cultura de cada povo.

Instrução: Ação de instruir através da explicação ou esclarecimentos dados para uso especial.
Informações fornecidas com determinada finalidade ou conjunto das formalidades e informações necessárias para elucidar uma causa e pô-la em estado de ser julgada.
Conhecimentos adquiridos; saber.

Para educar, ensinamos conhecimentos necessários para que as pessoas possam ser autossuficientes e produtivas, por isso vamos à escola e aprendemos português, matemática, história, geografia, filosofia, ciências, etc.
E também educamos nossos filhos, nossos amigos, para uma boa conduta. Mas essa educação não seria completa sem a instrução de como usar esses conhecimentos.
A instrução é modus operandi dos conhecimentos adquiridos em toda nossa vida, inclusive na educação, necessário para a educação acontecer, mas algumas vezes incompleto durante a educação.
Posso ter conhecimentos sobre as estrelas e sobre o céu, porém se não tiver instrução sobre o que fazer com esse conhecimento, ele é simplesmente uma teoria, não coloco em prática, é inútil a não ser pelo saber, e muita gente está simplesmente contente com o saber.

Ninguém conhece o modus operandi do ser humano, pois nossa máquina foi criada por alguém, algo, uma divindade, que não deixou manual de instruções acompanhando. Por isso não temos as instruções de uso, de educação, de funcionamento, de soluções de problemas, nem um SAC para reclamar! Como temos com máquinas, com coisas, com tudo que não é biológico e criado pelo homem.
Mas essa é exatamente a forma pura de educação, podemos fazer tudo que quisermos e temos todo o infinito de possibilidades, tanto para ensinar como também para aprender, portanto conhecer.

Por tanto, quando educar, ensinar ou criar, instrua!
A instrução é o que nos faz saber o que estamos fazendo, como fazemos, porque fazemos e onde podemos ou não chegar, e também os limites, de até onde podemos chegar, até onde e o que devemos ou não fazer.
E para instruir temos que saber, portanto ser educados nesse sentido. Os dois caminham juntos, é necessário que assim seja, para que funcione efetivamente e possamos acumular conhecimento e aprendizado para então ensinar e crescer intelectualmente e humanamente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...