Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Eu estou...


...assistindo Adele no Royal Albert Hall, rindo, chorando, rindo e pensando.
Não ganhei nenhum abraço hoje, senão o de uma amiga, que eu sei que ganho todos os dias!
E pensei, depois de assistir um filme triste, que filmes tristes não são tão tristes assim. Eu sempre consigo tirar as melhores coisas desses filmes. Sempre as melhores. E lágrimas são boas, assim como o sorriso que as acompanha.

Bem, como pode uma criança ter 26 anos, e continuar sendo criança, mesmo não morando na Terra do Nunca? Neverland nunca esteve tão distante. Não pense que mudei de assunto, só uma criança pode ver algo bom num filme triste.
... Fiiiiilme triste, que me fez choraaaar.... Quem lembra?
Eu lembro. Um dia de reflexão, cheio de primeiras coisas e coisas da infância e também caca de nariz. Estou resfriado. E estou com febre. Mas não estou delirando, não de febre.

Uma criança que não quer crescer. Tem que crescer. Não quero e nunca quis, mesmo sendo o que todas as crianças querem, mas eu não queria. Não queria ter barba ou bigodes, não queria ser um adulto para ser livre, eu sempre lutei pela minha liberdade mesmo quando criança. E sempre respondi todas as perguntas, mesmo quando meus pais não queriam respostas. Era respondão, mas nunca achei que não tivéssemos esse direito.
Eu só não queria crescer, mesmo. Queria ser grande, mas o que eu queria que fosse grande não é. Fazer o que? Não se pode ter tudo, não ainda.

Eu só não queria crescer. Pedi isso pro Papai Noel, pra Deus, pro diabo, pro meu ursinho de pelúcia, algumas vezes pra Lua.
Mas não adiantava, minhas roupas continuavam a diminuir. Até que eu entendi que não eram mesmo as roupas que encolhiam, mas sim eu quem crescia. Era legal pensar que as roupas que encolhiam. E eu adorava me vestir com roupas de frio, e colocar o capacete da moto do meu pai e fazer que eu era um super herói. Mesmo sozinho, eu salvava o mundo do mal.

Eu salvava mesmo. E continuo salvando.
Eu estou salvando meu mundo agora.
Eu estou...

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!