E se você desse uma chance para ser diferente?

Algumas vezes, inexplicavelmente, um amigo te manda um texto e no final, você só pode agradecer, primeiro ao seu amigo pelo belo texto, depois ao Universo, pela sincronicidade.
E então você começa a ver mais e mais sinais. É uma dádiva de vez em quando, quando o seu futuro te dá dicas sobre os caminhos que você não sabia por onde ir, por onde passar, para chegar ao seu objetivo sonhado.
E que sonho quando é assim, tão forte a ritualidade dos fatos do cotidiano, pura e simplesmente porque você decidiu mudar sua forma de pensar.

Dando uma chance a si mesmo, para aproveitar aquele momento, mesmo que ele seja um pouco massante, exaustivo e até mesmo cruel de vez em quando, mas que são passos para o seu sonho tornar-se realidade. Então você enfrenta aquilo como se fosse somente uma outra ocasião do dia-a-dia e passa a aproveitar mais os bons momentos que mesmo aquela chatice pode te proporcionar.
E meu caro, tudo muda!

Agora me diga, vai dar uma chance para surpreender-se com seu destino? Começando, por exemplo, com deixar que ele seja sutil e benfeitor ao ser mais importante do mundo para você?

O ano começa a se fazer mais dramático com o fim, mas nem tudo tem que ser assim.
Em alguns momentos a corda parecerá estar no nosso pescoço, mas é só para mostrar que você tem um pescoço, então aproveite e faça amizade com o laço, daí ele vai estourar, em uma revoada de borboletas coloridas, que ao invés de te matar, vão te fazer rir com cócegas quando partirem.
Entende?

Vamos rir e chorar o que a gente tiver que rir e chorar e deixar que as coisas aconteçam.
O importante será não se deixar abater, e seguir em frente.
Avante e adiante!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...