Dormiria...

Quando passo tempo demais sentado te olhando, é como se o mundo ficasse em segundo plano, embaçado pelo seu jeito de olhar atentamente cada coisa, e o sorriso que vaza desapercebido no canto da boca quando ouve o som dos pássaros na manhã de primavera.

Se percebe que há um animal perdido, se perde completamente do momento e o ajuda, oferece o que tem de melhor, seu carinho.
O cachorro abana o rabo e ele coloca nas mãos um pouco de água e um biscoito.
Impressionado, fica tristonho quando o pobrezinho rouba o biscoito e some na primeira esquina.
- Ah, esses pequeninhos não tem jeito! - Sorri tranquilo.

E quando eu me pego de volta na realidade, aqueles olhos fixos nos meus, curiosos, tentando assistir na retina o que se passa na minha memória.
Mostro a língua sem jeito, e ele me morde de leve no pescoço.
Pra quê fazer isso? Por quê me provoca essa hora?

Corre pra fazer o café, estamos atrasados de novo.
Corro pra fazer das torradas nosso desjejum, hoje como coelhos.
Amanhã, o café é por minha conta e sei que o pão será de nuvens.
Nuvens recheadas de requeijão com um pouco de sonho dentro.

Saindo pro curso, me diz tchau num beijo demorado que podia demorar ainda mais.
Saiu sem olhar para trás. Determinado e determinante que é.
Na rua lá embaixo, encontrou 0,10 centavos e saiu cantarolando.
E eu poderia sonhar que era só isso que eu gostava nele.

Mas nem se caísse na cama de novo, com a vontade que me cabia, sonharia tão bonito como aquela criança era no dia a dia.
Os deuses não me deixariam dormir e perder essa pequena amostra de que são tão misteriosos quanto podem na criação de tudo que nos cerca, e no prêmio que nos concedem de vez em quando.

Quanto tempo, quanto tempo mais poderia aproveitar?
Quanto mais queria, ele mais estava lá.
E depois de tanto tempo sem me dar conta, ele estava de novo me olhando.
E eu sorrindo tímido, para não me envergonhar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ensaios Umikizu - um sonho em forma de livro no Catarse!

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...