A última carta...

Vamos nessa!

Eu não sei se vou ter tempo de escrever mais cartas, porque posso estar muito ocupado tentando participar.
Então se essa acabar sendo a última carta, só quero que saiba que eu estava mal quando comecei o ensino médio, e você me ajudou.
Mesmo se você não soubesse sobre o que eu estava falando, ou conhecesse alguém que tivesse passado por isso, você me fez companhia.
Porque eu sei que existem pessoas que dizem que essas coisas não acontecem e que ha pessoas que esquecem como é ter 16 anos e fazer 17.
Eu sei que tudo isso serão só histórias um dia, e nossos retratos se tornarão fotos antigas, e vamos ser mães e pais.
Mas agora, esse momento não é uma história, isso está acontecendo.
Eu estou aqui, e estou olhando pra ela, e ela é tão linda.

Eu posso ver, esse momento único quando você sabe que a vida não é uma história triste. Você está vivo. E você se levanta e vê as luzes nos prédios e tudo que te deixa maravilhado.
E você escuta aquela música naquele carro, com as pessoas que você mais ama nesse mundo.
E nesse momento, eu juro...
NÓS SOMOS INFINITOS!

Comentários

  1. Yes we are!
    Obrigada por publicar....esse texto agora é NOSSO!

    =)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!

Postagens mais visitadas deste blog

Ensaios Umikizu - um sonho em forma de livro no Catarse!

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...