Viajar, e viajar pelo mundo...

Não to bem pra escrever...
Mas eu quero escrever...
Sobre o que escrever, quando você não está bem?
A criatividade só pensa negatividade...
O sentimento ta doentinho, só quer um pouco de carinho...
O coração bombeia o sangue devagarinho...
E os olhos se enchem d'água, como barquinho furado.

E se o mundo pudesse ser mais azul do que isso?
Lembraria de um tempo que na vida havia um arco-íris.
Deixaria passar com um rolo compressor nesse friozinho na barriga.
E quem sabe, até iria pra Itália, ver se descolava um bom vinho...

Depois de voltar, cheio de tralhas,
Deitaria na cama com saudades, saudade da cama!
Entregaria os presentinhos como se fossem jóias.
E mesmo que ninguém gostasse, que fossem buscar seus próprios bibelôs.

Que tal depois dessa viajar mais um pouco?
Na cama, nos próprios sonhos!
Onde o sorriso é sincero e o pesadelo bisonho.
Mas tudo de verdade, e ai de quem duvidar,
porque nunca vai saber mais que você, nem melhor!
Como é bom se lançar pelo mundo,
aquele que nunca tem fim!

Cadeiras presas na presa do leão, e que tal um palhaço alemão?
Faria de conta que a conta dos contos era o fim do começo.
No céu uma baleia, no mar um reencontro.
E na beira da estrada, onde corria de bicicleta,
encontrar um amigo, no amor de um poeta...

Comentários

  1. Viajar é bom, não dá saudades da cama, dá saudades dos pais. Depois que a gente viaja o nosso mundo se torna muito pequeno e a sensação nostálgica e triste de ser pequeno não sara nunca.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!

Postagens mais visitadas deste blog

Ensaios Umikizu - um sonho em forma de livro no Catarse!

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...