Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

sábado, 16 de março de 2013

Sobre papas e pastores...

Eu não apoio o Papa Argentino.
Porque eu não apoio o papado.
Eu não apoio a ostentação ao invés da fé e da oração.
Eu não posso apoiar aquilo que é simples símbolo de que a humanidade continua sem uma espiritualidade forte, porque depende de pessoas que mantém a fé, e todo movimento natural, dentro da cerquinha de uma religião que no fim só faz controlar a mente e limitar os corações dos seguidores.
Seguidores, como se religião fosse rede social.

E o ignorante, dizem, sou eu!
Vão caçar bruxas na idade média que é lá o lugar de vocês!
E o mesmo vale pros pastores infiltrados na política que roubam tanto na igreja, quanto no congresso!

Isso me faz pensar em outra coisa.

Eu nunca entendi porque as pessoas tem que se envolver tanto umas na vida das outras.
Se cada um cuidasse do seu próprio mundo, com suas próprias verdades, e buscasse crescer e aprender sobre os outros, ao invés de criticar e impor suas visão, o mundo seria pacífico.
Mas nós temos a teimosia de querer ajudar quem não pede ajuda, de querer ensinar quem não está afim de aprender e de criticar veementemente o que é diferente ou desconhecido.

Busca a religião quem quer, busca seguir ou aprender quem quer, mas eles precisam dominar as pessoas para que não se libertem da religião e sejam alienadas. O que também acontece na política.

Enquanto a humanidade não aprender a primeiro ser, depois ensinar, não haverá aprendizado eficaz ou mentes que procurem conhecimento.

E nessa levada, é lucrativo dominar o povo, porque além de fácil, não exige muita inteligência.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!