Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Será só tudo isso?

Estava só porque queria.
Tinha tudo, mas o nada era o que queria conquistar
E que difícil tarefa essa.
O nada é danado, foge mais que diabo da cruz.

Do resto, as outras pessoas cuidavam
Da casa, da alimentação, das roupas
Ele ficava responsável apenas por si mesmo
E que prazer tinha nisso?
Ele se perguntava todos os dias
Nenhum. - respondia.

Levantava de manhã a hora que queria.
Ia para sua vida perfeitamente sozinha
E do nada e nenhum se empanturrava.
Mas no final não enchia, não saciava
Nada lhe satisfazia.

Pensou que para nada, lhe faltava.
E o que faltava era companhia.
Nada fazia, mas o sentimento lhe sorria
E do nada, a campainha tocava.
Quem seria?

Levantou-se da perfeição.
Abriu a porta e percebeu que nada tinha
E na porta também não tinha nada
Senão tudo aquilo que nunca vira.
Aquela imensidão de nada sem fim...

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!