Chega de lutar, vamos nos Unir!

Charles Chaplin é um dos gênios que esta Terra já conheceu, marcou época, marcou pessoas, virou símbolo. Um grande artista com história triste, mas feliz em sua arte! Cinema!


E neste trecho de "O Grande Ditador" de 1940 temos um pouco da sua genialidade.
Suas palavras continuam atuais e inspiradoras porém, quero fazer este post para reforçá-las e colocar um pequeno adendo: hoje não precisamos mais lutar, as "batalhas" de hoje em dia são intelectuais e não exigem força bruta. E quem for mais unido, quem tiver mais pessoas ao seu lado, é que vai conquistar vitórias nas suas causas. E este é o maior motivo para que tenhamos esperança que as coisas possam mudar, as oportunidades são infinitas.

Vamos nos unir!
Muitas vezes, vemos as pessoas se juntarem para lutar por um ideal, por uma ação isolada. E quando outras pessoas se unem pelo mesmo ideal, os dois grupos tem divergência no modo de fazê-lo e perdem a oportunidade de se unir, discutindo entre si.
Juntos, fariam muito mais.

As redes sociais são um bom exemplo de como é diferente a luta hoje em dia. Não existe necessidade para força bruta, tudo que precisamos é unir pessoas, quanto mais pessoas te "seguirem" na causa ou "curtirem" o seu ideal, mais fácil ele se torna e as possibilidades tornam-se reais.

Trabalhe deixando sua ideia atraente, para que alguém te siga basta que seja interessante para ela fazê-lo.
Ofereça o que de melhor podemos oferecer: cultura, amor, felicidade e oportunidade. Estes são as principais características de um vencedor, dos famosos "heróis" da nossa época.

Um pouco de risadas, braços dados, carisma, e um reconhecimento, fazem com que qualquer pessoa se sinta bem em estar ao seu lado e trabalhando por algo que ele também acredite.
Felicidade e satisfação, quando verdadeiros, valem mais que dinheiro, comprovado em pesquisas.

Hoje não precisamos mais lutar, sim nos Unir!



O Grande Ditador - 1940 - Charles Chaplin

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...