Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Filmes - Intocáveis (Intouchables)

Um filme simples, mas com atuações incríveis e despreocupadas para uma história incrível, baseada em fatos reais. Assim é Intocáveis (Intouchables) um filme francês escrito e dirigido por Olivier Nakache e Eric Toledano.

Conta a história de Philippe (François Cluzet) um homem milionário que ficou tetraplégico depois de sofrer um acidente, vive em sua mansão com a filha, com a qual tem problemas para lidar, e com seus empregados. Quando conhece o ex presidiário Driss (Omar Sy) nas entrevistas para contratar um novo assistente pessoal.

Driss é um rapaz muito alegre que encara a vida de forma natural. Ele foi expulso da casa da mãe e está sem emprego, sem lugar para morar, até que recebe a proposta de trabalhar para Philippe.
Então começa uma história real, que poderia ser triste, mas é contada de forma suave e divertida, e principalmente, sem preconceitos.

Cada um tem uma visão de um filme, afinal ele toca onde mais precisamos. Minha impressão com Intocáveis foi de que a vida está dentro de nós, e temos que escolher o que fazer com ela.
O filme mostra duas pessoas singulares e com peculiaridades complicadas, tetraplégico e um ex-presidiário de dois mundos completamente diferentes, mas que por maiores fossem suas diferenças e dificuldades estavam dispostos a viver e buscar a felicidade.

Uma outra coisa que encanta no filme é que não existe barreiras, mesmo com as limitações do personagem de Philippe, ele quer ser, quer continuar vivo e Driss o respeita exatamente como ele é.
A cumplicidade e o respeito entre os dois é uma das atrações do filme.

Assistam e comentem!

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

If I fell in love with you...


I fall in Love instantly...
I search every corner for the one I love...
I found about his life, and then I realize, he was not right for me.

Reality is my playground...
Dreams are my prison...
But the most exciting and happy prison ever to exist!

Good night!

--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--


Eu me Apaixono instantaneamente ...
Eu procuro em cada canto pela pessoa que eu amo ...
Eu encontro sobre sua vida e, em seguida, percebo que ele não era certo para mim.

Realidade é o meu playground ...
Sonhos são minha prisão ...
Mas a prisão mais emocionante e feliz que já existiu!

Boa noite!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Games transformados em xilogravuras japonesas...

Passeando pelo mundo virtual oriental, dou de cara com o blog do artista Jed Henry e com essas incríveis ilustrações com personagens de games da Nintendo e Capcom transformados em xilogravuras japonesas.

Além de ter sido fiel as características dos personagens, Jed também fez um excelente trabalho na transformação dos personagens em samurais (侍), deuses (神) e demônios (鬼).
Particularmente, Pokémon, Star Fox e o Link de Legend of Zelda são os mais fantásticos.

Confira as imagens e não deixe de visitar o blog do Jed Henry porque ele tem outras ilustrações interessantes e até já escreveu e publicou um livro chamado "I Speak Dinosaur!"








terça-feira, 18 de setembro de 2012

Desculpas pra quê?

Não conheço povo mais cheio de desculpas que o da nossa geração.
Além de dar nossos jeitinhos pra tudo, somos uma geração que procrastina demais. Levando à risca a máxima:
"Pra quê fazer hoje, o que eu posso fazer amanhã?" (é... tem algo bem errado aqui sim)

Muitas vezes me pego pensando se faço ou não minhas tarefas, mesmo tendo tempo, e até mesmo disposição, fico só no pensamento e acabo não fazendo absolutamente nada.
E depois eu dou uma desculpa qualquer para enganar a minha mente. Mas pior que isso, quando envolve outras pessoas, a desculpa é nada mais que uma mentira, onde o mais correto seria dizer: "Não fiz."
Não precisamos de explicação, não precisamos de desculpas.
Basta sermos verdadeiros, primeiro conosco, depois em respeito com a pessoa também.
Sem gastar nossa massa cinzenta com as desculpas e explicações, ou seja, com mentiras, teremos mais disposição para fazer e pensar nas nossas tarefas e criar mais, ser mais eficientes e mais práticos também.

Seja sincero contigo, diga o real motivo pelo qual não fez, não agiu, não terminou, não começou o que tinha que fazer. É também um exercício para entender a necessidade daquela ação.
Se não existe nenhuma consequência por não ter feito no tempo, talvez fosse melhor assim.
E quando existir uma consequência, vai ser um grande aprendizado, para que não deixe pra depois de novo!

E reflita:
Vale mesmo a pena deixar pra lá, ou é melhor fazer logo de uma vez e estar livre para fazer realmente o que gosta e quer fazer?
Nem sempre é tão difícil como parece, ou tão demorado quanto nossa preguiça quer nos fazer acreditar.
Esforce-se um pouco e vai entender que recompensas são dadas para quem AGE.

Exige Isamu 勇 - Coragem!

E claro, vale a pena lembrar:

"Para quê se desculpar? Seus inimigos não vão acreditar e seus amigos não precisam".

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Muitos ocultistas por aí...



Uma pessoa se junta a outra procurando conhecimento e evolução espiritual, mas a chama de mestre e fica puxando seu saco como um fanático.

Esses 2 seres juntos criam um projeto chamado "Despertar da Consciência".
Quando um terceiro leva uma discussão, perguntas e indagações ao dado projeto, suas perguntas são respondidas com meias palavras e suas opiniões não são levadas em consideração.

Após algumas argumentações, os comentários deste terceiro são apagados e ele é ignorado pelo grande mestre e a pessoa em busca de evolução espiritual começa a puxar ainda mais o saco do mestre, lhe tecendo elogios e declarando lealdade e a superioridade deste mestre perante o restante da humanidade.

É por essas e outras que as pessoas não evoluem. E essas mesmas duas criaturas tem a pachorra de dizer que a evolução espiritual é a morte do Ego. Daí a primeira pergunta que desafie suas cresças elas se doem, fogem ignorando qualquer indagação ou argumentação.

"Esquisotéricos", ocultistas de banca de revista e sensacionalistas fanáticos é o que vocês são!
Tenho muito ainda que aprender, e exatamente por isso me agarro as idéias contrárias, diferentes das minhas para que eu realmente possa aprender!
Ninguém que tenha as mesmas ideias que eu pode me fazer aprender mais. Ficar na zona de conforto, com um monte de gente alisando o meu ego, dizendo que eu estou certo ou que eu sou um grande mestre, me fazem somente continuar no mesmo lugar. Ou talvez afundar ainda mais...


Sem mais.
Sorte às duas crianças na caminhada em busca de... fãs.

PS: o uso da imagem dos famosos no post é só brincadeirinha. Sem intensão de denegrir a imagem de ninguém.

Allan Lucena / Pandumiel Tunmarë

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Igualdade - Necessidade Vs Desejo...

Você quer igualdade?
Uma forma de conseguirmos igualdade e com que todos tenhamos os mesmos direitos e, para que esses direitos sejam garantidos, os mesmos deveres, temos que abdicar de luxos e da superioridade sem sentido que a sociedade vive glorificando.

Em primeiro lugar, tornar tudo realmente igual.
Seu cargo é X: você ganha por X! Seja aqui no interior de São Paulo, seja no Amazonas, seja nas Filipinas ou mesmo no deserto do Saara. Quem tem a profissão X, ganha X!
E assim funciona com o F, D, H ou Z, ganham pelo que fazem.


Daí partindo do mesmo principio, um quilo de Arroz custa "1 real", tanto aqui, como na cochinchina!
Começando pelo que realmente Necessitamos pra viver. Água, remédios, frutas e verduras, todas tem o mesmo preço.
Alimentos, água, moradia, saúde e educação com preços igualitários e acessíveis a todos em todo lugar!

Você consegue imaginar isso acontecendo?
Com certeza é difícil para nós que estamos acostumados com esse sistema socioeconômico que foi criado para separar as coisas, dar status pra uns e retirar de outros e ainda satisfazer desejos ao invés de necessidades.
Vão começar a se perguntar:

Mas não vai haver concorrência entre marcas? Não vai. Quem gosta da marca "A" geralmente não gosta da marca "B". A única coisa que vai mudar é que agora as pessoas vão pagar pelo preço justo.

Mas aquele arroz é melhor que esse, por isso é mais caro? É melhor pra você, mas para o outro não é, valor agregado é um ideal capitalista e não faz sentido quando pensamos no que precisamos. Isso é para satisfazer o desejo de status, a ganancia e cobrar mais caro sem oferecer praticamente nada em troca. Arroz é Arroz.

Mas eu trabalho mais que ele, num cargo melhor, por isso ganho mais? Qualquer pessoa que esteja lendo este post, está lendo porque tem acesso à internet e tem pelo menos como usar um computador, mas vamos colocar num exemplo prático: um gerente de loja de roupas, ele trabalha mais que um pedreiro? O nome do cargo realmente é melhor, assim como também são melhores as condições de trabalho e a remuneração, mas quem trabalha mais e merece um salário melhor, pelo esforço no trabalho, é o pedreiro.

O que vai me fazer ser maior que o outro? Nada, você não é maior que ninguém. Somos diferentes naturalmente, somos feitos diferentes para que não seja necessário nenhuma outra forma de diferenciação. Você gerente é igual ao pedreiro, tem o mesmo tamanho: os dois, e todos nós, somos seres humanos.

Nós trabalhamos e lutamos a vida toda para conseguir satisfazer nossos desejos, mas quantas vezes fazemos isso em detrimento das nossas necessidades?
Hoje temos conhecimento e informação para entender e diferenciar Necessidades de Desejos. Qual é mais importante e qual realmente tem valor.

Estava com esse post entalado, sem conseguir colocar pra fora, e espero que ele seja uma boa reflexão a todos.
Não quero que este modelo seja seguido a risca, meu objetivo é mostrar como muitas coisas que fazemos e damos prioridade são fúteis desejos e que estão tomando lugar de nossas reais necessidades.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Aprender e Ensinar, as melhores experiências...


Sempre me senti muito feliz e completo quando aprendia algo novo. É para mim uma conquista tão grande, mesmo que seja só um pequeno detalhe que depois de anos consegui perceber.
Aprendemos tanto em nossa caminhada pelo ciclo da vida, em tantos campos: acadêmico, sentimental, emocional, psíquico, mental, físico, corporal, celular, onírico, universal.
Todo aprendizado é uma dádiva e como tal, nos faz muito bem.

Ainda estava comemorando um ciclo de aprendizado e entendendo toda a nova informação, quando sou bombardeado por mais uma e mais e mais conhecimento.

Me pego pensando o quanto é intensa a troca de informações e a construção de conhecimento entre nós, principalmente hoje nas redes sociais e tantas facilidades de comunicação e troca de dados.
Enquanto faço um curso online, estou conversando e ajudando um amigo a entender uma situação difícil, ao meu lado está um amigo compartilhando uma notícia da nossa comunidade ou trabalho e logo depois, sou eu quem está pedindo ajuda a outra pessoa.

Aprender e Ensinar tem para mim o mesmo peso e medida, são equivalentes e bi-direcionais, já que quando estou ensinando algo, a pessoa a quem ensino também está me ajudando a aprender.

Para mim, aprender e ensinar são as melhores coisas que somos capazes de fazer, nós humanos, tão imperfeitos. E temos que agradecer exatamente por sermos assim imperfeitos que podemos aprender tanto.
Aprender, entender, experimentar e depois ensinar.
Depois ainda aperfeiçoar!


Leitura, conversas, cursos, vendo, ouvindo e imitando o que vemos.
E a falta que sentimos da escola depois que terminamos é compreensível, mesmo que tardia.
Aprender e Ensinar é para todos, está em nosso DNA e em nosso espírito, então não fuja!
Aprenda o que puder e ensine o quanto conseguir, pois é um prazer sem limites.

Boa viagem no Mundo do Conhecimento...

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

The Song of Rain - Linda animação!

Este vídeo é o trabalho de conclusão de curso da chinesa 郑雅文 Zheng Yawen.
A animação conta a história de um menino encontrando uma raposa na chuva, segurando uma sacola em uma cidade sombria. O menino, então, ajuda a raposa com sua situação e descobre um novo mundo.

Veja no site dela, vários outros trabalhar de ilustração: http://zhengyawen.diandian.com/
São realmente LINDOS!!!
O que mais gostei segue abaixo do vídeo, que é realmente muito bonito e emocionante.

Aproveitem.


"My dream in the universe"

domingo, 9 de setembro de 2012

6 passos para conseguir o que quiser!

Achei bem interessantes esses passos para conseguir o que quisermos com excelência.
O melhor de tudo é saber que estamos no caminho certo.

Agora faça você também!


Essas chaves foram compiladas por Tony Schwartz, presidente e CEO do The Energy Project.
Segue:
1. Busque o que você ama. Paixão é um motivador incrível. Ele alimenta o foco, resiliência e perseverança.
2. Faça o mais duro primeiro. Nós todos nos movemos instintivamente para o prazer e pra longe da dor. A maioria dos grandes performers, Ericsson e outros acharam, atrasam a gratificação e praticam o trabalho duro nas manhãs, antes de fazer qualquer coisa. Este é o momento para a maioria de nós quando temos mais energia e menos distrações.
3. Pratique intensivamente, sem interrupção por períodos curtos e não mais que 90 minutos e então dê um tempo. Noventa minutos parece ser o tempo que conseguimos dar o máximo de foco em determinada atividade. A evidência é igualmente forte para não se praticar mais de 4 horas e meia por dia.
4. Procure feedback de experts em doses intermitentes. O mais simples e mais preciso feedback, melhor você estará equipado para fazer ajustes. Muito feedback, muito continuamente entretanto pode criar uma saturação cognitiva, aumentar a ansiedade e interferir no aprendizado.
5. Dê um tempo, regularmente. Relaxar depois de um esforço intenso não apenas provê oportunidade para rejuvenescer mas também para metabolizar e incorporar aprendizados. É também durante o descanso que o lado direito do cérebro fica mais dominante, o que pode gerar insights importantes.
6. Ritualize a prática. Vontade e disciplina é raro. Como o pesquisador Roy Baumeister encontrou, ninguém de nós tem muito disso A melhor forma de se assegurar que você irá realizar tarefas difíceis é ritualizá-las – construa momentos específicos, invioláveis nos quais você pratica, para então durante o tempo você não ter mais que dispender energia pensando nisso.

Fonte e entrevista completa com Tony no Jornal do Empreendedor.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Chega de lutar, vamos nos Unir!

Charles Chaplin é um dos gênios que esta Terra já conheceu, marcou época, marcou pessoas, virou símbolo. Um grande artista com história triste, mas feliz em sua arte! Cinema!


E neste trecho de "O Grande Ditador" de 1940 temos um pouco da sua genialidade.
Suas palavras continuam atuais e inspiradoras porém, quero fazer este post para reforçá-las e colocar um pequeno adendo: hoje não precisamos mais lutar, as "batalhas" de hoje em dia são intelectuais e não exigem força bruta. E quem for mais unido, quem tiver mais pessoas ao seu lado, é que vai conquistar vitórias nas suas causas. E este é o maior motivo para que tenhamos esperança que as coisas possam mudar, as oportunidades são infinitas.

Vamos nos unir!
Muitas vezes, vemos as pessoas se juntarem para lutar por um ideal, por uma ação isolada. E quando outras pessoas se unem pelo mesmo ideal, os dois grupos tem divergência no modo de fazê-lo e perdem a oportunidade de se unir, discutindo entre si.
Juntos, fariam muito mais.

As redes sociais são um bom exemplo de como é diferente a luta hoje em dia. Não existe necessidade para força bruta, tudo que precisamos é unir pessoas, quanto mais pessoas te "seguirem" na causa ou "curtirem" o seu ideal, mais fácil ele se torna e as possibilidades tornam-se reais.

Trabalhe deixando sua ideia atraente, para que alguém te siga basta que seja interessante para ela fazê-lo.
Ofereça o que de melhor podemos oferecer: cultura, amor, felicidade e oportunidade. Estes são as principais características de um vencedor, dos famosos "heróis" da nossa época.

Um pouco de risadas, braços dados, carisma, e um reconhecimento, fazem com que qualquer pessoa se sinta bem em estar ao seu lado e trabalhando por algo que ele também acredite.
Felicidade e satisfação, quando verdadeiros, valem mais que dinheiro, comprovado em pesquisas.

Hoje não precisamos mais lutar, sim nos Unir!



O Grande Ditador - 1940 - Charles Chaplin

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Segundo aniversário do 海傷 - Umikizu! - Ego...

Hoje é o Segundo Aniversário do 海傷 - Umikizu!

Comemoro com 101.000 visualizações de página, em 210 postagens e 80 seguidores, uma página no Facebook, uma página no Google+ e muita gente que já participou daqui, leu os textos e me ensinou muito.
O site já teve 13 diferentes estilos, que eu não canso de mudar, ver a evolução do design e também nos textos é uma alegria, espero que esteja fazendo um bom trabalho, por todos os leitores que tenho.


Nestes dois anos de 海傷 - Umikizu! e todo o tempo que estudo espiritualidade e ocultismo, eu vejo todos os magos citarem o Ego, uma parte bastante complicada do nosso ser, faz parte do "Eu" e é muito importante.
Existem várias receitas, exercícios, métodos e preceitos para trabalhar e controlar o Ego. O que mais se ouve é que temos que nos livrar dele, particularmente, acho essa filosofia perigosa e desnecessária. O equilíbrio é o melhor caminho.
Então vamos entender um pouco sobre isso, tanto espiritualmente, quanto com o auxílio da psicologia.

Segue um pouco sobre o Ego na visão da psicanalise, o texto é do meu amigo C.Y. que explica muito bem sobre o assunto:

"Vou tentar te dar um panorama geral de como a psicanalise aborda o conceito de Ego.

Quando nascemos, somos apenas instinto (que chamamos de Id) onde o desprazer gera busca pelo prazer. São necessidades básicas como se alimentar, por exemplo. No entanto, nosso psiquismo tem de dar conta de se integrar numa nova cultura, numa vida civilizada e, com isso, a partir dessa parte instintiva (o ID), o Ego vai se formando, pois o ser humano percebe que não pode ter tudo na hora que quer, quando quer e do jeito que quer (embora mesmo adultos, nos pegamos fazendo isso).
Segundo Freud, a criança vai internalizar as regras, leis, interdições, etc (trata-se do superego). Dai que surgem os problemas, pois o ser humano tem de administrar seus próprios desejos com a realidade externa que frustra e limita, além das interdições e leis que a sociedade impõem. Para a psicanalise, somos um ser humano em constante conflito e é o Ego que deve administrar esses três senhores e decidir o que vai fazer com tantas demandas distintas chegando a ele. Trabalho duro, né?"

Em resumo, o Id é o nosso desejo, o Superego é o limite desse desejo e o Ego é quem fica no meio dos dois, tentando controlar tudo isso. Por essa visão, eliminar o Ego é exatamente acabar com o controle dos desejos e limitações do ser humano, descontrolando-o e principalmente lhe tirando a vontade própria. (muito conveniente para abusos de poder e alienação, não acham?)

Na espiritualidade, o Ego é trabalhado assim como na psicanalise, levando em consideração de que este é o mestre do ser, o "Eu interior" ou o inconsciente. E nós enquanto seres conscientes, buscamos conhecer mais sobre nós mesmos, para assim entrar em equilíbrio e não abusar de nenhum deles.


Como dito pelo meu amigo, é um trabalho muito duro, e é muito fácil se entregar ao desejo (Id no poder) como uma criança que quer comer doce antes da refeição, ou se privar de prazeres e se depreciar (Superego no poder) como fazem muitos religiosos e pessoas em depressão ou com baixa auto-estima. Nesses casos o Ego está enfraquecido e precisamos fortalecer esse poder para que voltemos ao equilíbrio natural do ser.

Quando fazemos aniversário, é um ótimo momento para repensar sobre como estamos alimentando nosso Ego, ou se estamos dando muita corda para o Id ou o Superego tomarem conta.
Repensar nossos objetivos, nossas atitudes e se estamos fazendo todo o possível para que cheguemos onde almejamos. Assim, ultrapassamos nossos limites e aprendemos cada vez mais sobre quem realmente somos e nossa verdadeira força.

Esse é o presente que o 海傷 - Umikizu! lhes dá hoje, comemorando seu segundo aniversário e repensando objetivos e tentando equilibrar esses três senhores. 

Mais uma vez agradeço a todos que me ajudaram nesses 2 anos e pelo sucesso que o site atingiu.
Obrigado! E Parabéns a todos nós! `^^´

domingo, 2 de setembro de 2012

Consciência e pensamento...

“Toma consciência dos teus pensamentos; pois resultam em palavras.''
 Toma consciência das tuas palavras; pois resultam em ações.
 Toma consciência das tuas ações; pois resultam em hábitos.
 Toma consciência dos teus hábitos; pois resultam em caráter.
 Toma consciência do teu caráter; pois resultará no teu destino.”


Muitas vezes, temos ideias boas, e até mesmo a intenção de fazer o bem, mas esquecemos de que o nosso pensamento e nossas ações são resultado da nossa criação, levando em conta fatores culturais, educacionais, sociais e emocionais que nos envolvem ignorando o mundo em que o outro vive.
Sem entender os motivos dos outros, criticamos tudo que não se parece com nossa compreensão. É automático, é do ser humano.

Mas não é bom, assim, como não é correto!
Existe a Natureza humana, mas podemos melhorar nossas atitudes e nossos conceitos.
Como? Aprendendo, ouvindo, sendo mais compreensíveis e humildes.
E para aprender, precisamos abrir a barreira do que é "nosso" e aceitar que o outro tem sua própria verdade.
Diferente, não necessariamente mais correta, pode ser simplesmente melhor, ou é mais comum que seja complementar. Um aprende com o outro e os dois melhoram.
Assim sim, gerando um futuro.

Cuidado!
Policie-se, quando for julgar ou criticar uma realidade diferente da sua, pondere se esta é errada ou simplesmente diferente.
Nem sempre as pessoas estarão dispostas a debater e compreender as diferenças.
E você, está?