Experimente outras sensações...

Order vs Chaos – Myaka

Quantas vezes você entrou em um ambiente e se sentiu muito bem quisto, em paz e uma tranquilidade te tomou conta? Ou em outros casos, teve a sensação de que o ar estava mais pesado, chegando até a passar mal?
Isso acontece todos os dias, em todos os ambientes que entramos, porém na maioria das vezes ficamos indiferentes a essas influências e oscilações.
E, acredite ou não, essas sensações são só suas, uma percepção sua do ambiente. Sua experiência que pode ser divida com pessoas que tenha a mesma sensibilidade que você, ou não.

Quer entender melhor?
Existe um exercício simples que pode te mostrar um pouco do que acontece quando entramos em ambientes diferentes, e principalmente, desconhecidos. Faça quando estiver tranquilo e vou usar o menor número de adjetivos possível para não influenciar sua experiência.

Então quando estiver pronto, sente-se confortavelmente, feche os olhos e se imagine completamente sozinho em um infinito branco, não existe mais nada lá, nem um grão de poeira.
Fique um tempo neste lugar e aproveite o sentimento de liberdade de tudo que carrega na vida real: sem roupas, celular, carteira, trabalho, etiquetas, marcas, etc.
Neste ambiente completamente branco, como você se sente?

Quando se sentir pronto, comece a andar, para qualquer direção, fique a vontade...
Você está livre.

Enquanto você caminha, nota que a cor do ambiente vai mudando.
Do branco puro, começa a ficar cinza bem clarinho e enquanto você vai caminhando, o ambiente vai tornando-se mais escuro lentamente, e escurecendo a cada passo.
Cinza como um dia de céu fechado e nuvens carregadas...
Neste espaço, qual é sua sensação?

Mais uma vez, quando se sentir confortável, continue a caminhar.
Então tudo vai escurecendo mais ainda, cada passo te leva para um lugar sombrio e cada vez mais escuro.
Primeiro, parece uma sombra, mas então você não consegue mais ver suas pernas e seus braços, pois não há mais luz.
Escuridão total.
Neste ambiente, todo preto, qual sentimento te desperta?

Não pare de caminhar!
Você está sozinho, livre e não há nada no caminho que possa te impedir.
Senão você mesmo.

Continuando a andar, você reencontra alguma luz, e o seu caminho volta a ser visível.
Perceba que o ambiente ficou novamente cinza escuro, ainda está escuro, mas há luz.
Mais alguns passos depois tudo vai ficando mais claro e você volta ao ambiente completamente branco, em que você consegue ver seu corpo e a liberdade em que se encontra.

Continuo não querendo influenciar suas sensações nesta experiência, apenas reflita nas mudanças de ambiente para ambiente:
Primeiro um branco, que vai escurecendo, passando por uma nuvem negra até que caia completamente na escuridão.
E quando você sai da escuridão para um lugar escuro e fechado, mas com alguma luz e volta até a claridade?

Perceba que as sensações de um local para o outro são diferentes quando você vai, e depois também diferentes quando você voltar de lá.
Essas são as sensações que os ambientes em que entramos nos passam na prática, uma troca entre você e o ambiente. E isso acontece também, em escala diferente, com cada pessoa que encontramos e nos relacionamos.

Isso tem muito a ver com seu estado de espírito no momento, então trabalhe para melhorar o seu astral e quando você estiver num local com o clima pesado, a troca energética vai resultar em algo mais neutro, assim você melhora o ambiente e não se prejudica.
Sejamos nós os agentes de mudança, assim não somos influenciados por outrem...

"Na escuridão, seja sua própria Luz!"


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...