Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Você já viveu Hoje?


Vi essa imagem no blog http://www.vivazen.org ai pensei, nunca vivi tanto quanto vivo o meu "Hoje" hoje em dia...

Vivendo hoje, simplesmente, sem pensar demais.
A razão e a emoção tem de estar em equilíbrio, mas se você está se sentindo mal com alguma coisa, quer mudar e não sabe como, está pensando para que não se prejudique. Está pensando demais e deixando de agir e permitindo que este equilíbrio vá embora pouco a pouco.

Nessas situações, se ficamos pensando demais, é rápido que vamos nos perdendo nas possibilidades, não vemos as oportunidades passando na nossa frente e então, nos entregamos à uma ilusão de que "não dá!"

O que precisamos é deixar a razão um pouco de lado, escolher um caminho e literalmente Arriscar!
É uma forma de reciclar um pouco.
Agir, mesmo que não tenha os resultados esperados, te tiram da inercia e fazem com que veja outros caminhos que sua mente tão atarefada em só pensar, não conseguia ver.

Comece pequeno, dentro de casa, mude um móvel que sempre quis colocar em outro lugar, ou comece com um amigo, dizendo o quanto gosta dele e não disse antes.
Pondere suas atitudes, se está muito preguiçoso, mude, MUDE! É simples assim! ;)

Daí volte aqui e me conte: "Estou vivendo meu HOJE mais que nunca!"

Boas energias pra todos!
Vamos rodar, agir, arriscar e mudar!



Every Teardrop Is a Waterfall - Coldplay

I turn the music up, I got my records on
I shut the world outside until the lights come on
Maybe the streets alight, Maybe the trees are gone
I feel my heart start beating to my favourite song

And all the kids they dance, all the kids all night
Until monday morning feels another life
I turn the music up
I'm on a roll this time
And heaven is in sight

I turn the music up, I got my records on
From underneath the rubble, sing a rebel song
Don't want to see another generation drop
I'd rather be a comma than a full stop

Maybe I'm in the black, Maybe I'm on my knees
Maybe I'm in the gap between the two trapezes
But my heart is beating and my pulses start
Cathedrals in my heart

As we saw oh this light I swear you, emerge blinking into
To tell me it's alright
As we soar walls, Every siren is a symphony
And every tear's a waterfall
Is a Waterfall
Oh
Is a Waterfall
Oh Oh Oh
Is a, Is a Waterfall
Every tear
Is a Waterfall
Oh Oh Oh

So you can hurt, hurt me bad
But still I'll raise the flag

Oh
It was a wa wa wa wa wa-aterfall
A wa wa wa wa wa-aterfall

Every tear
Every tear
Every teardrop is a Waterfall

Every tear
Every tear
Every teardrop is a Waterfall

--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--

Cada Lágrima É Uma Cachoeira - Coldplay

Eu aumento o volume da música, coloco meus discos para tocar
Fecho o mundo lá fora até as luzes aparecerem
Talvez as ruas se iluminem, talvez as árvores tenham sumido
Sinto meu coração começar a bater com a minha música preferida

E todas as crianças dançam, todas as crianças a noite toda
Até que a manhã de segunda pareça outra vida
Eu aumento o volume da música
Dessa vez eu vou curtir
E o paraíso já está à vista

Eu aumento o volume da música, coloco meus discos para tocar
Debaixo dos escombros soa uma música rebelde
Não quero ver outra geração desistir
Prefiro ser uma vírgula do que um ponto final

Talvez eu esteja no escuro, talvez eu esteja de joelhos
Talvez eu seja a lacuna entre dois trapézios
Mas meu coração está batendo e o meu pulso começa
Catedrais no meu coração

E nós vimos essa luz, eu juro, surgir piscando
Para me dizer que vai ficar tudo bem
Quando voamos pelas paredes, toda sirene é uma sinfonia
E cada lágrima é uma cachoeira
É uma cachoeira
Oh
É uma cachoeira
Oh oh oh
É uma cachoeira
Cada lágrima
É uma cachoeira
Oh oh oh

Então você pode me ferir, pode me machucar
Mas eu ainda erguerei a bandeira

Oh
Foi uma ca-ca-ca-ca-cachoeira
Uma ca-ca-ca-ca-cachoeira

Cada lágrima
Cada lágrima
Cada lágrima é uma cachoeira

Cada lágrima
Cada lágrima
Cada lágrima é uma cachoeira

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Meia-noite e meia...

Dada meia-noite no relógio
Ainda sentia que faltava algo
Não precisava esperar
Mas entendi que se não me movia
Era porque uma força mandava ficar.

Era a meia, que esperava
A hora do meio da noite
A metade completa
Nem pra lá, nem pra cá.
Exatamente no meio.

Depois de então, parti
Te encontrei e fomos embora
Buscamos a companhia da aurora.

Juntos no meio da noite
Na meia hora escura
Esperando até a outra metade chegar.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Equilíbrio...


Algumas pessoas só pensam nelas mesmas...
Algumas pessoas só pensam nos outros...
Outras não sabem viver...
Outras só querem viver e não podem...

Sabe o que elas tem em comum? São pessoas...
E ser pessoa, ser gente, ser humano, é exatamente isso!
Erramos, acertamos, corrigimos, sentimos, doamos, não damos, tentamos e morremos depois.

O que diferencia tudo isso é a humildade e o amor que colocamos, em contrapartida com o egoísmo e o ódio que sentimos.

O que você escolhe?

domingo, 19 de agosto de 2012

Somos Zeros, mas somos livres...

Hoje é domingo e é dia de um monte de coisa!

Dia Mundial da Fotografia;
Dia do Ator;
Dia Mundial Humanitário;

E ninguém comemora o último, né?
Mas tudo bem...

Assistam esse curta, que conta a história de um carinha que nasceu pra ser um zero na vida.
Toda a sociedade, estava de acordo, ele não importava pra ninguém.
Até que um dia, ele fez algo magnífico.

E é assim que somos, hoje e sempre, nada, zeros! Até que façamos algo que todos são obrigados a reconhecer.

E então, descobrimos nosso real número!




Aos meus amigos Atores e Fotógrafos, duas artes que também me apaixonam e que pratico, uma pequena homenagem:

Atores são pessoas que fazem você acreditar que uma mentira é real. Sabem transformar palavras de um roteiro, de um livro, de uma novela em pura realidade e sentimento.. Não é fácil!

Uma das origens do teatro e portanto, dos atores, foi o teatro Kabuki do Japão.
Kabuki - 歌舞伎 é formado pelos kanjis de:
歌 - Uta (Ka) = música/canção
舞 - Mau (Bu) = dançar
伎 - Ki = habilidade

Então uma foto de um ator Kabuki, se preparando para entrar em cena:


E aos fotógrafos, nós que temos tão pouco tempo para deixar um momento eterno, comemoremos, pois fazemos isso com muita dedicação e felicidade!!!

Do fotógrafo:  http://farcry77.deviantart.com/

terça-feira, 14 de agosto de 2012

A sua Flecha...

O Arqueiro (The Archer) - Khalil Gibran Khalil
 "Uma flecha só pode ser disparada quando puxada para trás. Então quando a vida estiver te puxando pra trás com dificuldades, isso significa que ela vai te lançar em algo maravilhoso. Então tenha foco, e continue mirando."

Apesar de ser uma verdade, uma flecha só deve ser disparada quando não há outra alternativa.
Todo arqueiro conhece o valor de cada uma das poucas flechas que carrega na sua aljava e que quando cada uma delas voa, está lançando uma parte de si mesmo e menos uma vida está andando nesta Terra.

Por isso, a vida quando arqueira, está preparada para só lançar as pessoas que realmente precisam desse impulso, porque não conseguem perceber que sozinhas conseguem ir longe, basta ter o mínimo de força de vontade e o mesmo foco e saber mirar!

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Coruja, a águia da noite...

De olhos arregalados e postura misteriosa, as corujas comumente causam medo e admiração nas pessoas.
Uma ave de rapina de hábitos noturnos e um grande símbolo de sabedoria, ocultismo e verdade, a coruja é associada com a clarividência, projeção astral e magia.

Para os filósofos gregos o símbolo da sabedoria está intimamente ligado à influência da mitologia e a coruja era considerada um símbolo da busca do saber, já que os grandes pensadores acreditavam a noite ser propícia para o pensamento e revelação. Outra razão era baseada no mito de Athena, filha de Zeus, a deusa da sabedoria e da guerra carregava sempre uma coruja em seu ombro, que lhe revelava a verdade oculta.

Os índios xamânicos acreditavam que a coruja fazia morada no leste, e por ser o local onde o Sol nasce, trazendo a luz e portanto iluminando as trevas e dissipando a ilusão, pois a coruja consegue ver a verdade onde os humanos se iludem.

A coruja consegue virar seu pescoço até 270º o que aumenta o campo para sua apurada visão, mais uma referência de que este seja um animal que enxerga o invisível, relacionada também ao ocultismo e a magia.
É dito que a coruja visita os sonhos trazendo mensagens e alertando sobre mal agouros. Por isso a relação de corujas mensageiras.

Também há um mito no folclore brasileiro, para que os seus filhotes não fossem vítimas de predadores, a coruja já ia lhes avisando - seria facil reconhecê-los, eles eram os "mais bonitos" da floresta. Daí o dito popular: "Toda a coruja gaba-se do seu toco", referindo-se ao ninho de seus horríveis filhotes. Assim como uma mãe elogia seus filhos sabendo que todo recém-nascido não tem (ainda) nada de beleza.

Em homenagem a este animal maravilhoso e misterioso, seguem algumas imagens.

Espero que gostem e comentem!












E uma curiosidade: O voo das corujas da Torre são extremamente silenciosos, é o que mostra esse vídeo produzido pela BBC. Três pássaros voam por uma série de microfone hipersensíveis que captam todos os ruídos. Vejam o que ele capta quando a coruja passa por eles:

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Obliteração...

Despreocupado andava pelas planícies do firmamento, divagando sobre a efemeridade do tempo e espaço e como tudo isso era tão limitado, quando um ser vestido de sombras, mas muito iluminado, aproximou-se sem pressa.

Sombra - Cansado, meu senhor?
Kami - Não é cansaço, está mais pra... uma ilusão de que nada muda.

Sombra : Ah. Você viu muitas mudanças, mas assim como todos nós, não conseguiu ver uma completude.
Kami: Ainda aguardo por um recomeço. Verdadeiro recomeço.

Sombra: E como pensa que aconteceria? - pergunta interessada.
Kami: Você sabe melhor que eu, a obliteração é a completude. Quem sabe um dia nós também conseguiremos atingi-la. - olhou para Morte com ar de questionamento.

Sombra: Aproveite ao máximo esta caminhada meu senhor. É assim que vai atingir seu objetivo, sem se preocupar com ele, afinal, é meu este fardo. - riu.
Kami: Que conversa mais estranha. Vamos trabalhar, temos muito ainda o que realizar e terminar.

Sombra : Primeiro você meu senhor... estou aqui somente de guia. - disse estendendo a mão.
Kami: Obrigado, acho que nem mesmo nós estamos preparados para esse momento.

Sombra: Para isso estou aqui...


Entidade incrível esta, um dos seres mais admiráveis e que tem uma tarefa bela, de gosto amargo, e significado infinito.

Morrer, uma dádiva mal vista, que os imortais invejam, pois só pode ser eterno aquilo que cessa sua existência.
O que não morre, não finda e não se completa! Essa é a única coisa que sei sobre a morte.

E ela sorriu, pois sabia o que eu pensava, e que não sabia mesmo era nada...

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Experimente outras sensações...

Order vs Chaos – Myaka

Quantas vezes você entrou em um ambiente e se sentiu muito bem quisto, em paz e uma tranquilidade te tomou conta? Ou em outros casos, teve a sensação de que o ar estava mais pesado, chegando até a passar mal?
Isso acontece todos os dias, em todos os ambientes que entramos, porém na maioria das vezes ficamos indiferentes a essas influências e oscilações.
E, acredite ou não, essas sensações são só suas, uma percepção sua do ambiente. Sua experiência que pode ser divida com pessoas que tenha a mesma sensibilidade que você, ou não.

Quer entender melhor?
Existe um exercício simples que pode te mostrar um pouco do que acontece quando entramos em ambientes diferentes, e principalmente, desconhecidos. Faça quando estiver tranquilo e vou usar o menor número de adjetivos possível para não influenciar sua experiência.

Então quando estiver pronto, sente-se confortavelmente, feche os olhos e se imagine completamente sozinho em um infinito branco, não existe mais nada lá, nem um grão de poeira.
Fique um tempo neste lugar e aproveite o sentimento de liberdade de tudo que carrega na vida real: sem roupas, celular, carteira, trabalho, etiquetas, marcas, etc.
Neste ambiente completamente branco, como você se sente?

Quando se sentir pronto, comece a andar, para qualquer direção, fique a vontade...
Você está livre.

Enquanto você caminha, nota que a cor do ambiente vai mudando.
Do branco puro, começa a ficar cinza bem clarinho e enquanto você vai caminhando, o ambiente vai tornando-se mais escuro lentamente, e escurecendo a cada passo.
Cinza como um dia de céu fechado e nuvens carregadas...
Neste espaço, qual é sua sensação?

Mais uma vez, quando se sentir confortável, continue a caminhar.
Então tudo vai escurecendo mais ainda, cada passo te leva para um lugar sombrio e cada vez mais escuro.
Primeiro, parece uma sombra, mas então você não consegue mais ver suas pernas e seus braços, pois não há mais luz.
Escuridão total.
Neste ambiente, todo preto, qual sentimento te desperta?

Não pare de caminhar!
Você está sozinho, livre e não há nada no caminho que possa te impedir.
Senão você mesmo.

Continuando a andar, você reencontra alguma luz, e o seu caminho volta a ser visível.
Perceba que o ambiente ficou novamente cinza escuro, ainda está escuro, mas há luz.
Mais alguns passos depois tudo vai ficando mais claro e você volta ao ambiente completamente branco, em que você consegue ver seu corpo e a liberdade em que se encontra.

Continuo não querendo influenciar suas sensações nesta experiência, apenas reflita nas mudanças de ambiente para ambiente:
Primeiro um branco, que vai escurecendo, passando por uma nuvem negra até que caia completamente na escuridão.
E quando você sai da escuridão para um lugar escuro e fechado, mas com alguma luz e volta até a claridade?

Perceba que as sensações de um local para o outro são diferentes quando você vai, e depois também diferentes quando você voltar de lá.
Essas são as sensações que os ambientes em que entramos nos passam na prática, uma troca entre você e o ambiente. E isso acontece também, em escala diferente, com cada pessoa que encontramos e nos relacionamos.

Isso tem muito a ver com seu estado de espírito no momento, então trabalhe para melhorar o seu astral e quando você estiver num local com o clima pesado, a troca energética vai resultar em algo mais neutro, assim você melhora o ambiente e não se prejudica.
Sejamos nós os agentes de mudança, assim não somos influenciados por outrem...

"Na escuridão, seja sua própria Luz!"