Café na Varanda...


Quando chegarmos juntos
Daquela viagem de verão
Dadas as mãos seguimos
Numa simples união

Tomarei café contigo
Ouvindo uma bela canção
Sentados na varanda de casa
Pés pro alto, no refrão

Espero meu amor
Um louco desejo vil
Que não falte na vitrola
Aquele sensível vinil
Nem quando a vida for embora
Num frio arrepio

Eu guardarei com saudade
Num cantinho alheio à maldade
Que no decorrer da idade guardamos no meio fio
Aquela linda cidade
Que passamos no mês de abril

Suspira o café quentinho
Na boca da cafeteira
O Sol vai baixando 'vagarinho
Na beira da moleira

Tomarei café contigo
Ouvindo uma bela canção
Sentados na varanda da casa
Soprando alto o refrão...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...