Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Oshogatsu - Ano Novo no Japão...

No Japão, o Oshogatsu (お正月 "Ano Novo") é uma das datas comemorativas mais importantes.
Repleto de rituais para recepcionar o novo ano, trazendo sorte e renovando o estado de espírito das pessoas para que isso reflita em bençãos para suas vidas.

E os nipônicos mais tradicionais começam as preparações desde o início de dezembro, mas isso não é uma regra, quando iniciam a Osouji (大掃除 "limpeza do lar"). Os japoneses acreditam que não devemos levar nada do ano anterior para o que está por vir, então fazem uma verdadeira faxina de purificação na casa. Jogam fora o que ficou acumulado durante o ano que não tem mais utilidade, limpam desde o teto até o chão e reorganizam tudo.
Não fazem isso só em casa, como também no trabalho, os funcionários fazem um mutirão e limpam todo o ambiente.

Essa limpeza também é espiritual, para renovar as energias da casa e receber as boas energias, purificação e bençãos do Toshigami (年神 "deus do Oshogatsu").
E para isso, é costume colocar ornamentos para receber o deus e guiá-lo ao seu lar.
No Kamidana (神棚 "altar xinto") são colocados os Kagami-mochi (鏡餅 “espelho de mochi”) o espelho junto com a joia magatama e a espada, é um dos seus três objetos sagrados do xintoísmo, ele é feito a partir de dois mochis (bolinhos de arroz) de diferentes tamanhos, o menor colocado em cima do maior, e de uma daidai, fruta japonesa semelhante à laranja, no topo enfeitados com shide (papel branco dobrado em zigue-zague).

Depois do Natal são colocados de cada lado da porta principal da casa os Kadomatsu (門松 "portão de pinheiro") que são considerados a casa do Toshigami, então é o convite ao deus para entrar na sua casa.

Como sempre uma tradição no Japão é a refeição e no Oshogatsu não seria diferente.

Originalmente, durante os primeiros três dias do ano novo era um tabu usar um forno ou fogueira para cozinhar as refeições, exceto o Ozouni (お雑煮 "prato de Ano Novo") uma sopa à base de mochi, vegetais, frutos de mar e, às vezes, carne, que é considerada uma das refeições mais ricas.
Assim, Osechi é feito ao fim do ano precedente, para que as mulheres não cozinhem no ano novo.

Especialmente nas casas onde o osechi ainda é preparado, o toshi-koshi soba (年越し蕎麦) é comido na véspera do Ano Novo.
E embora possa haver algum simbolismo atribuído a ele (isto é, saúde, energia e vida longa no ano novo) é a refeição mais simples. É considerado má sorte por muitos japoneses não comer todo o toshi-koshi soba.

Também no dia 31, eles realizam o Joya no Kane, que é um ritual budista. As pessoas se reúnem no templo para tocar o sino 108 vezes: 107 vezes no dia 31, e a última badalada no dia 1 de janeiro. De acordo com os ensinamentos budistas, 108 é o número das paixões e dos desejos que impedem o ser humano de ultrapassar o samsara, o ciclo de morte e renascimento. As 108 badaladas do sino representam a purificação desses desejos.

No dia 11 de janeiro, é feito o ritual do Kagami Biraki (鏡開き "a abertura do espelho"), quando a família quebram os bolinhos de arroz com as mãos ou um martelo de madeira e o comem, resgatando as bençãos deixadas pelo Toshigami.

E para finalizar os rituais de agradecimento do novo ano, no dia 15 de janeiro é realizado o Namahage, em que algumas pessoas se vestem de Oni (鬼 "demônio"), usando máscaras vermelhas (masculino) e azuis (feminino), e saem a visitar as casas. Como todo o ritual shamânico, ele começa com batidas de tambores e danças, após o tradicional ritual xintoísta de purificação das máscaras dos onis.
Receber a visita de um oni é um sinal de boa sorte; eles cortam as energias negativas e purificam a residência. A eles é servido sakê e o tradicional mochi, o bolinho de arroz. E os onis de Namahage também saem à procura das crianças que não tiveram um bom comportamento durante o ano que se passou, incentivando-as a serem estudiosas e obedientes aos seus pais.

E para receber 2013, vai essa mensagem que, além de bem humorada, é cheia de ótimas reflexões para o ano que se inicia logo logo!
FELIZ ANO NOVO!!!
お正月 おめでとう!!!


A maioria das informações e até algumas imagens eu agradeço à excelente série do blog Magia Oriental escrito por Aoi Kuwan.
ありがとう!

domingo, 30 de dezembro de 2012

Nenhuma Verdade...


É assim:
O perfeito nada mais é que o imperfeito que lhe agrada.
E se não concorda, não pense duas vezes, erre!
E se concorda, declina sua modéstia.
Entenda simplesmente.

Esquece o perfeito, a certeza e o sentimento de plenitude.
Não experimentou o mundo, nem há de fazê-lo em 100 poucos anos.
Viva! Basta ser!
Seja, viva, sem verdades.
Sem limite.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Olhos azuis e branco e prata...

Como é que pode aquele toco de gente, de olhos azuis cor da água mais limpa e clara, gostar desse modo de pensar?
Cá me questiono, se fosse como meus pensamentos risonhos, os olhos azuis seriam cercados de branco até os dentes tocarem as orelhas. E assim seria, até os cabelos se juntarem ao quadro em tons prateados.

- Mas se não fosse? - perguntou meu afilhado.

Ora rapaz, se não fosse teria ao menos tentado, atentado como era, nem que fosse a mazela de um sorriso extrairia, sem pensar muito.

- Sonhe que lhe apetece, te acontece um dia, vice?

Vixe, que aconteci foi por demais. Naqueles dias novinhos em que a praça 1º de Julho ajudei inaugurar. Quanta vida, quanto acontecimento.
Sem esperar veio o tempo.
A prata já me deixou a cabeça, mas na memória tenho algo valioso como ouro.
Vivi, tenho saudade, mas ainda sei que tudo passa. E se revolta.
Amei por toda a Terra. E toda a Terra.
E toda Vera, todas que tinham os olhos azuis como água limpa como Clara...


quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Retrospectiva 2012... UAU!


Ora ora... chegou o final do ano de 2012 e como todo mundo sabia (mesmo com aquele medinho lá dentro) o mundo não acabou. Mas recomeçou!
E nessa onda, vamos ao balanço do ano.

Este foi o ano mais agitado, e olha que agitação mesmo nunca faltou na minha vida.
Mudanças... ahhh todas elas!
Mudei e realizei sonhos. E foi tão bom!

Sabe o que é um sedentário, que trabalha com informática, fazer aulas de dança, canto e teatro?
Estrear no mesmo ano em 2 musicais, ensaiar para os dois ao mesmo tempo, conciliar isso a morar sozinho e trabalhar?
Claro que não fiz tudo sozinho.

Sabe o que é você sofrer um acidente e depois de se recuperar, não mudar, mas aprender! Entender!
Cara, é uma experiência... complicada! E se não fosse tão drástica, desejaria a TODOS!
Aliás, sentir o que eu senti, renascer, reviver, viver, desejo sim a todos!

Comecei o ano tropeçando em 2011.
Daí eu fiz o que eu deveria ter feito a muito tempo, fui me enfrentar!
E não foi tão difícil assim.

Eu sai de tudo que era atrasado, triste e infantil de mim.
Fiquei só com o que me faz bem. Eu!
E as coisas começaram a acontecer. Sem perceber, sem fazer nada! Mas fazendo... e muito!

Eu acho que eu descobri o que eu quero ser quando eu crescer!
2013 é só o começo de ser quem devo ser e estudar e estudar e estudar!
Vamos nessa!!!!!!

Tudo acontecendo, e eu assim.
Acontecendo! `^^´


quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Tudo...


Tudo ao contrário, ao mesmo tempo que tudo está no mesmo ritmo.
Dentro e fora do espelho d'água.
Cheio de verdades fora dessa mentira enganosa, feia e desgostosa, vive tudo que há de bom.
Vive o que era morto e morre o que estava vivo.
Vida.
Mundo.
Roda.
Fogo.
Luz.
Tudo trigo!
Tudo leite!
Tudo escuro...


sábado, 22 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL!

Neste Natal...
E em todos os dias!
Se você oferecer um pouco de amor... vai receber amor você mesmo!
LINDO VÍDEO!!!!! :')



sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Solstício de Verão, Litha!


Dias quentes, dias iguais, muita energia!
Proteção, poder, amuletos, ervas e poções.
Uma fogueira, muito fogo, mais calor!

FELIZ LITHA!
E que o Sol aqueça e faça crescer dentro de nossos corações a chama da vida, para que consigamos realizar nossos sonhos!


Proponho um exercício que encontrei na Casa do Bruxo:

Exercício do Sol
(Por Nair Cortijos)

Eleve seu pensamento e estabeleça uma conexão amorosa com seus amparadores.

Visualize à sua frente um corredor muito iluminado.

Percorra este corredor e ao caminhar, perceba que a luz vai ficando mais intensa. Visualize, ao final deste corredor, uma enorme esfera de luz dourada, viva e incandescente. Esta esfera é o Sol.

Entre no Sol e sinta todo seu esplendor! Transforme-se totalmente em Sol, transbordante de luz! Comece a irradiar este brilho intenso por todos os seus poros.

Junto com os raios luminosos, irradie também muito sentimento. Faça isto por um tempo. A seguir, visualize à sua frente o planeta Terra, bem menor do que você.

Então, como o Sol, irradie luz e amor para todo o planeta. Perceba o movimento da Terra à sua frente. Assim, ela pode receber a luz que você está irradiando em toda sua extensão. Faça sua luz chegar igualmente a todos, sem importar-se com as fronteiras dos países, cor de pele, classe social ou religião. Continue emanando luz e amor por um tempo. Sempre que você puder, faça isto. O planeta está carente de luz. Há tantos hospitais, tantas prisões e tanta dor... Há tantas pessoas doentes do corpo e tantas doentes da alma...

Faça você mesmo a diferença e seja um Sol em seu trabalho, em sua casa, em todos os lugares!

Irradie luz e amor anonimamente a todas as pessoas, pelo simples fato de que em todas elas, você encontrará a mesma essência que há em você, a essência do Todo!

Agradeça pelo Sol de todo dia. Agradeça as constantes oportunidades de crescimento.

E por fim, agradeça aos amparadores por tanta ajuda, tanta paciência e tanto amor...

Paz e Luz a você!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Ser humano é...


Eu sou louco crianças, por isso mostro a língua pra político, digo bom dia pra todo mundo, inclusive aos pássaros, cachorros e formigas!
Mato só com o pensamento o que não me agrega e deixo que a vida leve embora quem não quero por perto.

Deixo claro que minha força é a maior do mundo e que Deus nada mais é que você mesmo numa palavra mais forte.
Eu é maior. E deus que seja mais forte, mas vai ter briga feia pra decidir! :P

Faço parte da pouca maioria de nós que não se curva ao destino. Maioria sim, ou você acha que é tão fácil assim seguir com a maré? Se fosse, não haveria tanta divergência, tanta opinião diferente e tanta gente criativa!

Sigo assim, agradecendo ao mundo e a vida, chamando deus de maluco na cara e amando todos ao mesmo tempo, na mesma medida, sem vergonha de dizer TE AMO no primeiro encontro.
Porque eu AMO essa Terra e Amo estar aqui, sem precisar nunca me despedir do seu encanto verde, das correntes dos rios e seu sangue azul que emana pra todo lugar, esse barro que é nossa carne e do fogo do Sol que aquece e nos deixa vivos!

Esse som de passarinho me indica um novo dia, e eu vou dormir, porque meu dia é de noite e a noite é minha vida!

Abençoados sejamos todos nós!
E felizes sigamos essa vida, cantando e caminhando de braços dados nas direções que bem quisermos.

Louco.. ahahahaha
Vivo!

21.12.2012 - Último dia...

Este é o último post sobre o tema 2012.
E quero propor um exercício:
Imagine que hoje seja o último dia da sua vida, "O que você faria?"

Quais lembranças você sentirá falta?
De quem você vai se lembrar antes do final?
Quais são as coisas que você sempre quis fazer e nunca fez?
São difíceis? Deixou de fazê-lo por algum motivo realmente prudente?

E pensar, que o mundo acaba antes do Natal...
Pra mim, é uma data especial.
Se eu fosse desejar algo, é que meu Natal esse ano fosse como era na minha infância.
O que você pediria?

Sabe, o mundo não vai acabar. Não como nós pensamos.
O que vai acabar é o mundo que vivemos hoje, e isso ocorre lentamente.
Para nós, 100 anos é muito tempo, para o planeta, é um piscar de olhos.
Na verdade, sim, todos nós vamos morrer e este "mundo" em que vivemos vai morrer junto conosco... um dia!
Mas não em um só dia.

Nossa juventude já está em outro mundo, que no parâmetro geral, parece bem assustador para nós. Mas é realmente à partir de 21.12.2012 que as coisas mudam e isso vai ser facilmente sentido e notado. As pessoas à sua volta vão mudar.

Catástrofes? Tufões? Terremotos? Meteoros?
Se acontecerem, vai ser uma boa coincidência. Mas nesse mundo, não existem coincidências, não é?

O fim do mundo está acontecendo dentro de todos nós.
Se você aceitar isso e deixar acontecer, não haverá consequências catastróficas.
Morte é necessária, importante, e interessante. Interessante porque se morre ainda vivo. E se vive muito mais depois de morrer simbolicamente.

Meu conselho, único, é esse.
Neste dia 21.12.2012, MORRA!
Mas morra FELIZ!
Renasça!

domingo, 25 de novembro de 2012

Arte: Abra os olhos... Pollock - One

Coração acelerado, chá despejado na caneca sem piedade...
Escrevendo desesperado, esperando por uma oportunidade de relaxar!
Ela não vem, ele não chega para te dizer que está tudo acabado...
Tudo acabado, nada acaba antes que eu diga que está!
E NÃO ESTÁ! Não deixei acabar!

Mas sem ele aqui, também não começou...
Não vai começar, ele é o início e o meio!
Sem final, sobre o final eu nunca gosto de falar...
Não por medo, mas sim porque o final não é definitivo!
NUNCA SERÁ! Até eu desejar....

Nem passa pela minha cabeça, um final ou um até mais!
É uma das coisas mais, como se diz quando a gente não acredita?
Quer saber, deixa isso pra lá...
Não faz bem, nem mesmo imaginar algo assim...
VAMOS SÓ ACREDITAR! Porque o que importa é ser Feliz!

E ser feliz é não se importar, é perfeitamente simples...
Esperar, é uma busca infinita pelo que se quer de verdade!
Podendo demorar, mas sempre encontramos porque é assim que se vive...
A possibilidade de que não aconteça, é no mínimo impossível!
IMPOSSÍVEL É O QUE NÃO É! Você só não imaginou as possibilidades!

Simples assim, você busca e encontra!
Depois você vive, sem precisar se esforçar...
É tudo um movimento involuntário, te fazendo enxergar o que nunca tinha visto...
Bem ali, e você só não viu porque estava preocupado demais em perder!
ESTÁ AÍ! Só falta abrir os olhos...


terça-feira, 20 de novembro de 2012

Sonhos realizados e Saber Viver...

Estou realizando meus sonhos, e tendo uma experiência incrível de viver intensamente minha vida.

Neste final de semana dos dias 17 e 18 de novembro, realizei um sonho de cantar e interpretar em um musical, "Ballet & Cia - ON BROADWAY"
Fui o Tony de West Side Story (Amor Sublime Amor no Brasil) e cantei "Maria".
Confira a apresentação:



E fiquem com as sábias palavras de Cora:


Saber Viver - de Cora Coralina

Não sei… Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura… Enquanto durar.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Mente e Coração...


A mente, assim como o coração, são os dois poderes que comandam o nosso corpo.
A mente é a força, a ação, a intenção. O verbo.
O coração é o sentimento, o sutil, o oculto. A vida.
Um completa o outro, portanto, se um desequilibra, tudo que construíram juntos desmorona e é difícil fazer algo concreto.

São as duas faces de um mesmo ser: o EU!
Ignorar essa dualidade, os seus poderes unidos, sua potência e presença sobre nossas vidas é perder-se num astuto jogo de dúvidas e submissão.
Entregar-se a eles, é viver um perigoso jogo em que você comanda o mundo, mas paga o preço do tempo.
Em uma balança, o equilíbrio é a paciência.
E o mestre Tempo nos ensina a usá-la.
Mente e Coração, em sintonia.
Paciência e Tempo, ditando o compasso.
Feminino e Masculino, em harmonia.
Positivo e Negativo, num mesmo corpo.

Buscando isso, entendendo esse fino complexo do nosso ser, podemos controlar o poder e não cair em tentação, eliminando pesares, medos e ego.
Livres...

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

MUDE!



Gente de São Paulo e região, aconteceu alguma coisa catastrófica pra ficar nesse medo todo?
Eu não vi nada nas ruas, não acho que a gente deva se intimidar com a caça aos policiais e não acho que o povo deve se render aos toques de recolher ridículos que estão acontecendo!
É exatamente por essa COVARDIA do povo, que a situação toda do Brasil inteiro ta assim!!
A gente fala que políticos não tem jeito, mas não sabemos votar, não sabemos escolher e não sabemos principalmente cobrar dos eleitos por melhorias...
A gente fala que não tem saúde, não tem escola, não tem segurança, mas nos rendemos às vontades dos mandantes...
A gente fica com medo, se prende dentro de casa enquanto toda sorte de maldade e vilania está a solta, tranquila nas ruas....

PARA, JÁ CHEGA DE SER BUNDÃO!!!
Mude você, ou não muda, NUNCA!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Escorpião é simples assim ó...


Conviver com você pode ser difícil, pois você é o tipo de pessoa que é muito radical, extremista, de hábitos rústicos, repetitivos e muitas vezes difíceis de compreender.

Tende a dominar e controlar o ambiente e sente-se ameaçado com facilidade, pois é territorial, desconfia de estranhos, e, além disso, é possessivo e ciumento: um relacionamento com você é como um pacto, com você não há espaço pra superficialidade ou vivências pela metade.
É tudo ou nada.

Você é leal, fiel, cúmplice e ao mesmo tempo seu amor é tirânico, possessivo e vigilante. Recebe o mundo, as pessoas e as novas idéias não apenas com um pé, mas com o corpo inteiro atrás. Primeiro estuda de longe, analisa, observa até se decidir por se aproximar ou bloquear definitivamente a novidade.

Quando decide abrir-se para o novo faz isso de corpo e alma, mas perceba que frequentemente acaba sendo tarde demais, sua tendência a reter, desconfiar e esperar antes de experimentar as coisas de uma vez pode fazer com que você perca oportunidades de maravilhosas vivências. Mas é evidente que esta atitude certamente o mantém mais protegido.

Uma relação com Escorpião, seja familiar, de amizade ou amorosa, tem esse tom característico, de perigo e intensidade a mil!
Mas de uma coisa é certa, ele vai ser fiel a você, se souber alimentar o sentimento, é para a eternidade...


segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Explosões da mina...


Sem dizer uma palavra,
veio até mim com olhar baixo,
me pediu aquela dança, que pra mim foi única
me pediu um beijo, que me foi o primeiro...

Especial sem descrição
Uma simples ação
Canção, emoção, explosão
Explodiu, e me deixou sem chão

Quando depois de um tempo,
A poeira foi baixando e pude ver
Foi uma explosão para aquecer
Acender aquela chama com efeito!

Tudo calmo, começa a brilhar
Nada mais havia lá, senão seu olhar
Me enfeitiça, castanho escuro
Me prende, me lança no ar sem volta...

Assim me conquistou certeiro
Acertou em cheio no coração
Sem medo de se perder, nem de se encontrar
O amor encontrou seu lar
Nos braços daquele mineiro...

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Arte de Novembro...


Hoje começam um mês, as férias, uma nova oportunidade.
Em Novembro, me renovo, troco de pele, rejuveneço e amadureço.
E o que aguardo é música, é arte, é fascinio...
E sonho, e corro, e sinto...
E Amo...

Bem vindo Bem!

Quando chega Novembro, nós começamos a pensar no fim do ano, nas festas, nas férias, nos presentes, nos descansos, e por aí vai.
Parece que relaxamos...
Parece que podemos parar.

O clima melhora,
O calor piora,
Passado o Sabbat, nas ruas aparecem enfeites e as pessoas começam a sorrir mais facilmente.
Por quê o ano todo não é assim?
Sei lá... Aproveitemos o tempo que é, e assim o que passou ou o que não agradou, não se agarra, não te prende.

Aproveitar cada momento deste novo mês e dessa nova energia é o que precisamos.
Siga isso...

Bem vindo Novembro!

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Amor é muito mais...


Sabe, o Amor não é uma coisa, uma sensação ou um fato.
O Amor é muito mais.
Acontece pra cada um de um jeito, pra cada qual razão que se veja nele.
Amar é se entregar completamente, senão não é Amor.

Paixão, carinho, carência, dependência, desejo ou vontade, são facilmente confundidos com esse nobre sentimento, mas se nem mesmo Amar ainda não é Amor, como pode-se misturar tudo isso com ele?

Sabe, o Amor é muito mais...
O Amor não se explica, nem se relata, é aquilo que te deixa sem palavras...
E nada mais...


terça-feira, 30 de outubro de 2012

Obrigações e recompensas...

Todos somos chamados para cumprir com nossos deveres. Os que fazem bastante, geralmente tem mais deles que quem pouco pode fazer. É uma dádiva por ser capaz, é uma maldição por ser eficiente.
Não fazer é ser amaldiçoado ainda mais.

E as recompensas não vêm com a mesma pressa do tempo, quanto o tempo para responder ao chamado de nossas obrigações.
Nem sempre somos agraciados ainda neste mundo, nesta vida.
Nem sempre somos gratos pelo que recebemos, nem mesmo obedientes quanto aos pedidos humildes de quem nos deve por não devermos.

A quem diga que à razão para tudo, sem questão que possamos entender.
Mas acreditamos, no fundo do coração que na verdade, não há nada lá, senão nossa própria força de vontade, e a vontade principalmente em acreditar que existe alguma coisa a mais.

Ahhh a contradição do branco e do preto, em equilíbrio ou não, é a contento de cada um dizer qual é o perfeito equilíbrio dum pro outro. Nem equilíbrio há senão houver essa dúvida.

E a recompensa por sermos assim, é poder viver. Para muitos é pouco, quando muitos querem só saber como é viver...

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Curta - Moriendo...

Uma forma bem diferente de falar sobre a Morte, assunto que já explorei aqui no 海傷 - Umikizu!, mas tão complexo que sempre há mais e mais para aprendermos e entendermos sobre.

Está legendado em inglês, mas vale muito a pena para quem quiser arriscar.

Uma moça espera pela morte enquanto persiste que seu amor voltará para casa. Numa manhã, a moça conhece um velhinho que promete levar sua alma contanto que ela permita. Assim, ela começa a fazer as pazes com suas lembranças dolorosas que o tempo não pode apagar.

Me fez pensar em como podemos viver e morrer ao mesmo tempo, e encontrar vida ainda nesse morrendo...
Espero que gostem! `^^´


MORIENDO - short animation from andreypratama on Vimeo.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Tire um dia...

Uma das melhores experiências que nós podemos fazer é experimentar deixar o mundo de lado, fazer o que se precisa fazer, somente por um dia que seja.

Não é tirar um dia pra descansar e ficar vendo televisão, receber visitas, limpar a casa e depois a noite sair com os amigos.
É realmente tirar um dia para fazer uma só coisa.

Tire um dia para DORMIR:
Restabeleça-se.

Tire um dia para a CASA:
Faça uma faxina nos armários, reencontre boas lembranças e jogue fora tudo que estiver te atrasando.
Neste dia, deixe a casa aberta para que o ar e o sol renovem as energias do lar.

Tire um dia para os AMIGOS:
Aproveite e coloque o papo em dia, deem muita risada, almocem e jantem juntos. Divirtam-se!

Tire um dia só para VOCÊ!
Foco em você, repense objetivos, limpe pensamentos que não te façam bem. Reforce sua autoestima!
Tome um banho demorado, cuide da pele, dos cabelos e descanse para arrasar no outro dia.

Tire um dia para CULTURA:
Vá ao teatro, à um show, à livraria, à uma exposição de arte ou mesmo passeie pelas obras da sua cidade, descubra sobre a história do seu lugar.

Tire um dia para LER:
Leia um livro inteiro em um dia. É bem diferente.

Essas são apenas idéias.
Mas uma vez que seja no ano, TIRE UM DIA!
É uma forma de reset da mente e da rotina. Faz um beeeem... `^^´

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

O menino do rio...

Eu via todos os dias, no fim da tarde, um menino passando na rua de casa acompanhado de seu cachorro.
Morava a algumas quadras da minha casa, atravessava o bairro e ia direto para a beira do rio.
Sentava-se lá, como se esperando que algo acontecesse. Mal dava atenção para seu inquieto amigo que queria brincar, tentando chamar sua atenção com gravetos e frutinhas.
Esperava o sol se pôr. Fazia o caminho de volta, entrava em casa e, imagino, ia se deitar, o cachorro ficava embolado no tapete da porta.

Um dia sem meus compromissos, pude acompanhá-lo até lá. 
Esperei ele passar, dei uns minutinhos e andando devagar, fiz o mesmo caminho.
Quando cheguei lá exitei um pouco, mas fingindo não ver o menino, cheguei perto do rio, me sentei no gramado e comecei a observar as águas calmas do rio passarem.

Ficamos lá, ele brincando com o pequeno cão desassossegado, eu... tranquilo. Tranquilo como a um bom tempo não estive, aproveitando um pouco da natureza que pouco me atento normalmente.
O sol se pôs, e o menino preparou-se para voltar.
Reparei que ele cochichava. Constatei que o cachorro era ruim de papo.

Demorou um tempo para que eu pudesse voltar a acompanhar o menino. Dias corridos, trabalho e tarefas de casa me deixavam muito cansado.

Quando aconteceu fiz o mesmo que antes, esperei ele passar, me sentei quieto e observei o rio, que hoje estava mais agitado, a época de chuvas se aproximava e os ventos constantes e bravios.
Estava concentrado no movimento das águas, quando um focinho gelado me despertou. O pequeno canino não queria mais saber de gravetos e bolotas, estava mesmo agitado e queria fazer amizade.
Brinquei um pouco com o pequenino, enquanto o menino só nos observava, sem mudar sua expressão.

Depois de um tempo, e antes de o sol se apagar, fui até o menino, perguntei o nome do cachorro e ele só apontou a coleira. Um pequeno osso de latão, de um lado estava gravado "Shiny", do outro um endereço, diferente de onde o garoto morava, era da cidade ao lado.
O menino levantou, e junto do último raio de sol, apagou-se no ar.
Shiny chorou baixinho, e veio pra perto de mim, cabisbaixo.

Fui até o endereço na coleira do cãozinho, encontrei uma família muito feliz por reencontrar seu animal de estimação, principalmente uma pequena garota, que estava doente de saudades dele. E então conheci a história do garoto Albert.
Num dia que foi brincar com Shiny e sua irmã Cecile na beira do rio, se desequilibrou e caiu na água. Naquele dia, ventava forte e não conseguiram encontrar o corpo do menino, nem do cachorro que havia pulado atrás dele.

O menino Albert só esperava encontrar alguém para guiar o pequeno Shine pra casa. E eu passei a visitar mais o rio e observar mais a natureza ao nosso redor...


terça-feira, 2 de outubro de 2012

Deuses da Água - 海神 Umi Kami

海傷 - Umikizu é uma espada consagrada ao elemento Água e tem em seu nome o kanji Mar/Oceano (umi) que é onde foi também concebida.
Em homenagem ao elemento, conheço mais sobre as divindades da Água, Mares e Oceanos na mitologia.


Pontos e Nereu (Πόντος e Νηρεύς) - Na mitologia grega, as primeiras divindades das águas são Pontos, "o mar" e Nereu, "o velho do mar". Pontos nasceu de Gaia, e irmão mais velho de Urano, é o líder e mestre de todos os rios no Tártaro e gerou de forma espontânea seu filho Nereu.
Esta dualidade de Pontos, como o gerador da vida, e o líquido da morte nos traduz que vida e morte têm um ponto comum. Pontos é o pai, junto de Gaia, de várias divindades marinhas como Fórcis, 
Ceto, Taumas, Euríbia, Proteu e Nereu.
Nereu vivia no fundo do mar, era capaz de assumir qualquer forma, sabia de tudo o que acontecia e conhecia todos os segredos. Era defensor da justiça e da sabedoria e o pai das Nereidas com Dóris, filha do titã Oceanus.

Oceano e Tétis (Οκεανος e Τηθύς) - Para os antigos o titã Oceano, que tinha um corpo formado por um torso de um homem, com garras de caranguejo, chifres na cabeça e grande barba, terminando com a cauda de uma serpente, primitivamente era um rio imenso que envolvia toda a Terra, depois como o deus das águas desconhecidas do Atlântico, ou "Mar Oceano". Na mitologia é o primeiro deus das águas, filho de Urano e de Gaia; e considerado o pai de todos os seres.
Casou-se com sua irmã Tétis, com quem deu origem as ninfas Oceânidas e também os rios e fontes de água.
Tétis em grego significa "Ama, nutriz", que faz sentido, sendo ela a deusa das águas, presente em todos os seres vivos.

Poseidon (Ποσειδῶν) - Filho de Cronos e Réia, irmão de Zeus e Hades, e conhecido na mitologia Romana como Netuno, Poseidon ficou com o reino dos mares, ilhas e rios quando os três irmãos dividiram o Universo depois da derrota dos titãs. 
É conhecido como o "Deus dos Mares" e o domador de cavalos. Mora no fundo do mar com sua esposa, a Nereida Anfitrite, onde controla as marés com seu tridente e sabe tudo que acontece na superfície das águas.

Poseidon era venerado por pescadores e maninheiros, que faziam sacrifícios de cavalos entre outras coisas para acalmar a fúria das tespestades provocadas pelo deus, mas mesmo assim, ele era imprevisível.

Teve vários filhos, entre eles o ciclope Polifemo, filho da ninfa Teosa, e Tritão, o mensageiro dos mares e que acalmava as água para que a carruagem de seu pai passasse, filho de Anfitrite.

Watatsumi (绵 津 见) - é um lendário dragão japonês e a divindade da água.
Na mitologia japonesa, Owatatsumi kami (大 绵 津 见 神, "grande divindade da água") é outro nome para a divindade do mar Ryujin (龙神 "deus dragão") Este dragão japonês simbolizava o poder do oceano, tinha uma boca grande, e era capaz de tomar forma humana. E também Sanjin Watatsumi (绵津见三神, "Três deuses da água") que governa os mares superior, médio e inferior. Eles foram criados através da cerimônia de purificação do progenitor divino Izanagi, após de retornar do Yomi, o "submundo" japonês.

Vivia em Ryugu-Jo, seu palácio submarino construído de coral vermelho e branco, de onde ele controlava as marés com jóias mágicas. As tartarugas marinhas, peixes e medusas são muitas vezes descritos como seus servos.
Ryujin era o pai da Otohime bela deusa que se casou com o príncipe caçador Hoori. O primeiro imperador do Japão, o imperador Jimmu, é tido como neto de Otohime e Hoori. Assim, Ryujin é dito ser um dos antepassados da dinastia imperial japonesa.

Aegir e Njord (Ægir e Njörðr) - Na mitologia nórdica, Aegir é o deus dos mares e oceanos. É um dos Vanir, isto é, um dos deuses do elemento líquido ligado a natureza.
Ele era ao mesmo tempo cultuado e temido pelos marinheiros, pois estes acreditavam que Aegir aparecia de vez em quando na superfície para tomar a carga, homens e navios com ele para seu salão no fundo do oceano. Por isso eram feitos sacríficios para apaziguá-lo.
Sua esposa era a deusa Ran com quem ele teve nove filhas (as donzelas das ondas).
Há intérpretes da mitologia nórdica ainda que afirmam que Aegir não é um deus, nem Aesir e nem Vanir, mas sim um gigante amistoso aos deuses e que seria o comandante das criaturas aquáticas e dos Jotun marinhos, os chamados Fjortun.

Para estes intérpretes, Njord, era o deus Vanir dos Mares, dos ventos e da fertilidade, era o pai de Freya, a deusa do amor, e de Freyr, deus da fertilidade, e casado com Skade deusa do inverno e das montanhas.
É o protetor dos pescadores e dos caçadores que, em sua honra, construiam pequenos altares nas falésias e nas florestas, onde depositavam parte do que conseguiam pescar ou caçar. Era visto como um deus pacífico.

Sobek e Hapi Sobek era o deus-crocodilo dos Antigos Egípcios, sendo representado ora como um crocodilo ou então como um homem com cabeça de crocodilo, estava ligado ao culto do rio Nilo, da divinização da água, tendo por isso clero e rituais próprios.
A Sobek, do ponto vista religioso, prestava-se um culto associado aos seus poderes de fertilidade (por representar um animal da água, do Nilo, logo da criação do Egito e do mundo) e proteção da gravidez, embora também com relação com a morte e o enterramento, por ser um necrófago.

Hapi uma divindade da mitologia egípcia que personificava as águas do rio Nilo durante a inundação anual, era representado como um homem com ventre proeminente e com seios, que veste a cinta dos pescadores e barqueiros. Na sua cabeça tinha o lótus e o papiro ou segurava estas plantas nas suas mãos. A sua pele poderia ser pintada de azul ou verde, duas cores associadas entre os antigos Egípcios à fertilidade. Era também representado a derramar água de jarros ou a levar mesas e bandejas com alimentos.

Enki - entre os sumérios, era o deus do (Abzu) das águas doces (dos rios, canais e da chuva). A água tinha um significado também relacionado com o conhecimento ou a sabedoria. Por este motivo Enki era também conhecido como o deus do conhecimento e da sabedoria, portador dos segredos da vida e da morte.
O nome Enki significa "Senhor da Terra" (En significa "Senhor" e Ki significa "Terra", em uma referência ao planeta Terra).

Uma tábua de argila Suméria descreve as palavras de Enki ao chegar em Ki:
"Quando eu me aproximei vi verdes pradarias. Ao meu comando foi dada a ordem para provar se havia água potável. Ao meu comando foi dada a ordem para provar se havia alimento apropriado. Ao meu comando foi dada a ordem para provar se os gases eram respiráveis."

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Filmes - Intocáveis (Intouchables)

Um filme simples, mas com atuações incríveis e despreocupadas para uma história incrível, baseada em fatos reais. Assim é Intocáveis (Intouchables) um filme francês escrito e dirigido por Olivier Nakache e Eric Toledano.

Conta a história de Philippe (François Cluzet) um homem milionário que ficou tetraplégico depois de sofrer um acidente, vive em sua mansão com a filha, com a qual tem problemas para lidar, e com seus empregados. Quando conhece o ex presidiário Driss (Omar Sy) nas entrevistas para contratar um novo assistente pessoal.

Driss é um rapaz muito alegre que encara a vida de forma natural. Ele foi expulso da casa da mãe e está sem emprego, sem lugar para morar, até que recebe a proposta de trabalhar para Philippe.
Então começa uma história real, que poderia ser triste, mas é contada de forma suave e divertida, e principalmente, sem preconceitos.

Cada um tem uma visão de um filme, afinal ele toca onde mais precisamos. Minha impressão com Intocáveis foi de que a vida está dentro de nós, e temos que escolher o que fazer com ela.
O filme mostra duas pessoas singulares e com peculiaridades complicadas, tetraplégico e um ex-presidiário de dois mundos completamente diferentes, mas que por maiores fossem suas diferenças e dificuldades estavam dispostos a viver e buscar a felicidade.

Uma outra coisa que encanta no filme é que não existe barreiras, mesmo com as limitações do personagem de Philippe, ele quer ser, quer continuar vivo e Driss o respeita exatamente como ele é.
A cumplicidade e o respeito entre os dois é uma das atrações do filme.

Assistam e comentem!

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

If I fell in love with you...


I fall in Love instantly...
I search every corner for the one I love...
I found about his life, and then I realize, he was not right for me.

Reality is my playground...
Dreams are my prison...
But the most exciting and happy prison ever to exist!

Good night!

--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--\\-o-//--


Eu me Apaixono instantaneamente ...
Eu procuro em cada canto pela pessoa que eu amo ...
Eu encontro sobre sua vida e, em seguida, percebo que ele não era certo para mim.

Realidade é o meu playground ...
Sonhos são minha prisão ...
Mas a prisão mais emocionante e feliz que já existiu!

Boa noite!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Games transformados em xilogravuras japonesas...

Passeando pelo mundo virtual oriental, dou de cara com o blog do artista Jed Henry e com essas incríveis ilustrações com personagens de games da Nintendo e Capcom transformados em xilogravuras japonesas.

Além de ter sido fiel as características dos personagens, Jed também fez um excelente trabalho na transformação dos personagens em samurais (侍), deuses (神) e demônios (鬼).
Particularmente, Pokémon, Star Fox e o Link de Legend of Zelda são os mais fantásticos.

Confira as imagens e não deixe de visitar o blog do Jed Henry porque ele tem outras ilustrações interessantes e até já escreveu e publicou um livro chamado "I Speak Dinosaur!"








terça-feira, 18 de setembro de 2012

Desculpas pra quê?

Não conheço povo mais cheio de desculpas que o da nossa geração.
Além de dar nossos jeitinhos pra tudo, somos uma geração que procrastina demais. Levando à risca a máxima:
"Pra quê fazer hoje, o que eu posso fazer amanhã?" (é... tem algo bem errado aqui sim)

Muitas vezes me pego pensando se faço ou não minhas tarefas, mesmo tendo tempo, e até mesmo disposição, fico só no pensamento e acabo não fazendo absolutamente nada.
E depois eu dou uma desculpa qualquer para enganar a minha mente. Mas pior que isso, quando envolve outras pessoas, a desculpa é nada mais que uma mentira, onde o mais correto seria dizer: "Não fiz."
Não precisamos de explicação, não precisamos de desculpas.
Basta sermos verdadeiros, primeiro conosco, depois em respeito com a pessoa também.
Sem gastar nossa massa cinzenta com as desculpas e explicações, ou seja, com mentiras, teremos mais disposição para fazer e pensar nas nossas tarefas e criar mais, ser mais eficientes e mais práticos também.

Seja sincero contigo, diga o real motivo pelo qual não fez, não agiu, não terminou, não começou o que tinha que fazer. É também um exercício para entender a necessidade daquela ação.
Se não existe nenhuma consequência por não ter feito no tempo, talvez fosse melhor assim.
E quando existir uma consequência, vai ser um grande aprendizado, para que não deixe pra depois de novo!

E reflita:
Vale mesmo a pena deixar pra lá, ou é melhor fazer logo de uma vez e estar livre para fazer realmente o que gosta e quer fazer?
Nem sempre é tão difícil como parece, ou tão demorado quanto nossa preguiça quer nos fazer acreditar.
Esforce-se um pouco e vai entender que recompensas são dadas para quem AGE.

Exige Isamu 勇 - Coragem!

E claro, vale a pena lembrar:

"Para quê se desculpar? Seus inimigos não vão acreditar e seus amigos não precisam".

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Muitos ocultistas por aí...



Uma pessoa se junta a outra procurando conhecimento e evolução espiritual, mas a chama de mestre e fica puxando seu saco como um fanático.

Esses 2 seres juntos criam um projeto chamado "Despertar da Consciência".
Quando um terceiro leva uma discussão, perguntas e indagações ao dado projeto, suas perguntas são respondidas com meias palavras e suas opiniões não são levadas em consideração.

Após algumas argumentações, os comentários deste terceiro são apagados e ele é ignorado pelo grande mestre e a pessoa em busca de evolução espiritual começa a puxar ainda mais o saco do mestre, lhe tecendo elogios e declarando lealdade e a superioridade deste mestre perante o restante da humanidade.

É por essas e outras que as pessoas não evoluem. E essas mesmas duas criaturas tem a pachorra de dizer que a evolução espiritual é a morte do Ego. Daí a primeira pergunta que desafie suas cresças elas se doem, fogem ignorando qualquer indagação ou argumentação.

"Esquisotéricos", ocultistas de banca de revista e sensacionalistas fanáticos é o que vocês são!
Tenho muito ainda que aprender, e exatamente por isso me agarro as idéias contrárias, diferentes das minhas para que eu realmente possa aprender!
Ninguém que tenha as mesmas ideias que eu pode me fazer aprender mais. Ficar na zona de conforto, com um monte de gente alisando o meu ego, dizendo que eu estou certo ou que eu sou um grande mestre, me fazem somente continuar no mesmo lugar. Ou talvez afundar ainda mais...


Sem mais.
Sorte às duas crianças na caminhada em busca de... fãs.

PS: o uso da imagem dos famosos no post é só brincadeirinha. Sem intensão de denegrir a imagem de ninguém.

Allan Lucena / Pandumiel Tunmarë

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Igualdade - Necessidade Vs Desejo...

Você quer igualdade?
Uma forma de conseguirmos igualdade e com que todos tenhamos os mesmos direitos e, para que esses direitos sejam garantidos, os mesmos deveres, temos que abdicar de luxos e da superioridade sem sentido que a sociedade vive glorificando.

Em primeiro lugar, tornar tudo realmente igual.
Seu cargo é X: você ganha por X! Seja aqui no interior de São Paulo, seja no Amazonas, seja nas Filipinas ou mesmo no deserto do Saara. Quem tem a profissão X, ganha X!
E assim funciona com o F, D, H ou Z, ganham pelo que fazem.


Daí partindo do mesmo principio, um quilo de Arroz custa "1 real", tanto aqui, como na cochinchina!
Começando pelo que realmente Necessitamos pra viver. Água, remédios, frutas e verduras, todas tem o mesmo preço.
Alimentos, água, moradia, saúde e educação com preços igualitários e acessíveis a todos em todo lugar!

Você consegue imaginar isso acontecendo?
Com certeza é difícil para nós que estamos acostumados com esse sistema socioeconômico que foi criado para separar as coisas, dar status pra uns e retirar de outros e ainda satisfazer desejos ao invés de necessidades.
Vão começar a se perguntar:

Mas não vai haver concorrência entre marcas? Não vai. Quem gosta da marca "A" geralmente não gosta da marca "B". A única coisa que vai mudar é que agora as pessoas vão pagar pelo preço justo.

Mas aquele arroz é melhor que esse, por isso é mais caro? É melhor pra você, mas para o outro não é, valor agregado é um ideal capitalista e não faz sentido quando pensamos no que precisamos. Isso é para satisfazer o desejo de status, a ganancia e cobrar mais caro sem oferecer praticamente nada em troca. Arroz é Arroz.

Mas eu trabalho mais que ele, num cargo melhor, por isso ganho mais? Qualquer pessoa que esteja lendo este post, está lendo porque tem acesso à internet e tem pelo menos como usar um computador, mas vamos colocar num exemplo prático: um gerente de loja de roupas, ele trabalha mais que um pedreiro? O nome do cargo realmente é melhor, assim como também são melhores as condições de trabalho e a remuneração, mas quem trabalha mais e merece um salário melhor, pelo esforço no trabalho, é o pedreiro.

O que vai me fazer ser maior que o outro? Nada, você não é maior que ninguém. Somos diferentes naturalmente, somos feitos diferentes para que não seja necessário nenhuma outra forma de diferenciação. Você gerente é igual ao pedreiro, tem o mesmo tamanho: os dois, e todos nós, somos seres humanos.

Nós trabalhamos e lutamos a vida toda para conseguir satisfazer nossos desejos, mas quantas vezes fazemos isso em detrimento das nossas necessidades?
Hoje temos conhecimento e informação para entender e diferenciar Necessidades de Desejos. Qual é mais importante e qual realmente tem valor.

Estava com esse post entalado, sem conseguir colocar pra fora, e espero que ele seja uma boa reflexão a todos.
Não quero que este modelo seja seguido a risca, meu objetivo é mostrar como muitas coisas que fazemos e damos prioridade são fúteis desejos e que estão tomando lugar de nossas reais necessidades.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Aprender e Ensinar, as melhores experiências...


Sempre me senti muito feliz e completo quando aprendia algo novo. É para mim uma conquista tão grande, mesmo que seja só um pequeno detalhe que depois de anos consegui perceber.
Aprendemos tanto em nossa caminhada pelo ciclo da vida, em tantos campos: acadêmico, sentimental, emocional, psíquico, mental, físico, corporal, celular, onírico, universal.
Todo aprendizado é uma dádiva e como tal, nos faz muito bem.

Ainda estava comemorando um ciclo de aprendizado e entendendo toda a nova informação, quando sou bombardeado por mais uma e mais e mais conhecimento.

Me pego pensando o quanto é intensa a troca de informações e a construção de conhecimento entre nós, principalmente hoje nas redes sociais e tantas facilidades de comunicação e troca de dados.
Enquanto faço um curso online, estou conversando e ajudando um amigo a entender uma situação difícil, ao meu lado está um amigo compartilhando uma notícia da nossa comunidade ou trabalho e logo depois, sou eu quem está pedindo ajuda a outra pessoa.

Aprender e Ensinar tem para mim o mesmo peso e medida, são equivalentes e bi-direcionais, já que quando estou ensinando algo, a pessoa a quem ensino também está me ajudando a aprender.

Para mim, aprender e ensinar são as melhores coisas que somos capazes de fazer, nós humanos, tão imperfeitos. E temos que agradecer exatamente por sermos assim imperfeitos que podemos aprender tanto.
Aprender, entender, experimentar e depois ensinar.
Depois ainda aperfeiçoar!


Leitura, conversas, cursos, vendo, ouvindo e imitando o que vemos.
E a falta que sentimos da escola depois que terminamos é compreensível, mesmo que tardia.
Aprender e Ensinar é para todos, está em nosso DNA e em nosso espírito, então não fuja!
Aprenda o que puder e ensine o quanto conseguir, pois é um prazer sem limites.

Boa viagem no Mundo do Conhecimento...

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

The Song of Rain - Linda animação!

Este vídeo é o trabalho de conclusão de curso da chinesa 郑雅文 Zheng Yawen.
A animação conta a história de um menino encontrando uma raposa na chuva, segurando uma sacola em uma cidade sombria. O menino, então, ajuda a raposa com sua situação e descobre um novo mundo.

Veja no site dela, vários outros trabalhar de ilustração: http://zhengyawen.diandian.com/
São realmente LINDOS!!!
O que mais gostei segue abaixo do vídeo, que é realmente muito bonito e emocionante.

Aproveitem.


"My dream in the universe"

domingo, 9 de setembro de 2012

6 passos para conseguir o que quiser!

Achei bem interessantes esses passos para conseguir o que quisermos com excelência.
O melhor de tudo é saber que estamos no caminho certo.

Agora faça você também!


Essas chaves foram compiladas por Tony Schwartz, presidente e CEO do The Energy Project.
Segue:
1. Busque o que você ama. Paixão é um motivador incrível. Ele alimenta o foco, resiliência e perseverança.
2. Faça o mais duro primeiro. Nós todos nos movemos instintivamente para o prazer e pra longe da dor. A maioria dos grandes performers, Ericsson e outros acharam, atrasam a gratificação e praticam o trabalho duro nas manhãs, antes de fazer qualquer coisa. Este é o momento para a maioria de nós quando temos mais energia e menos distrações.
3. Pratique intensivamente, sem interrupção por períodos curtos e não mais que 90 minutos e então dê um tempo. Noventa minutos parece ser o tempo que conseguimos dar o máximo de foco em determinada atividade. A evidência é igualmente forte para não se praticar mais de 4 horas e meia por dia.
4. Procure feedback de experts em doses intermitentes. O mais simples e mais preciso feedback, melhor você estará equipado para fazer ajustes. Muito feedback, muito continuamente entretanto pode criar uma saturação cognitiva, aumentar a ansiedade e interferir no aprendizado.
5. Dê um tempo, regularmente. Relaxar depois de um esforço intenso não apenas provê oportunidade para rejuvenescer mas também para metabolizar e incorporar aprendizados. É também durante o descanso que o lado direito do cérebro fica mais dominante, o que pode gerar insights importantes.
6. Ritualize a prática. Vontade e disciplina é raro. Como o pesquisador Roy Baumeister encontrou, ninguém de nós tem muito disso A melhor forma de se assegurar que você irá realizar tarefas difíceis é ritualizá-las – construa momentos específicos, invioláveis nos quais você pratica, para então durante o tempo você não ter mais que dispender energia pensando nisso.

Fonte e entrevista completa com Tony no Jornal do Empreendedor.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Chega de lutar, vamos nos Unir!

Charles Chaplin é um dos gênios que esta Terra já conheceu, marcou época, marcou pessoas, virou símbolo. Um grande artista com história triste, mas feliz em sua arte! Cinema!


E neste trecho de "O Grande Ditador" de 1940 temos um pouco da sua genialidade.
Suas palavras continuam atuais e inspiradoras porém, quero fazer este post para reforçá-las e colocar um pequeno adendo: hoje não precisamos mais lutar, as "batalhas" de hoje em dia são intelectuais e não exigem força bruta. E quem for mais unido, quem tiver mais pessoas ao seu lado, é que vai conquistar vitórias nas suas causas. E este é o maior motivo para que tenhamos esperança que as coisas possam mudar, as oportunidades são infinitas.

Vamos nos unir!
Muitas vezes, vemos as pessoas se juntarem para lutar por um ideal, por uma ação isolada. E quando outras pessoas se unem pelo mesmo ideal, os dois grupos tem divergência no modo de fazê-lo e perdem a oportunidade de se unir, discutindo entre si.
Juntos, fariam muito mais.

As redes sociais são um bom exemplo de como é diferente a luta hoje em dia. Não existe necessidade para força bruta, tudo que precisamos é unir pessoas, quanto mais pessoas te "seguirem" na causa ou "curtirem" o seu ideal, mais fácil ele se torna e as possibilidades tornam-se reais.

Trabalhe deixando sua ideia atraente, para que alguém te siga basta que seja interessante para ela fazê-lo.
Ofereça o que de melhor podemos oferecer: cultura, amor, felicidade e oportunidade. Estes são as principais características de um vencedor, dos famosos "heróis" da nossa época.

Um pouco de risadas, braços dados, carisma, e um reconhecimento, fazem com que qualquer pessoa se sinta bem em estar ao seu lado e trabalhando por algo que ele também acredite.
Felicidade e satisfação, quando verdadeiros, valem mais que dinheiro, comprovado em pesquisas.

Hoje não precisamos mais lutar, sim nos Unir!



O Grande Ditador - 1940 - Charles Chaplin