Um momento de oração...


Hoje fiz uma oração, muito especial, enquanto me libertava de tudo que me aconteceu nos últimos dias, nessas férias que me foram de grande dor e depois de grande alegria.
Quem me conhece sabe, que não sou o mais fervoroso em termos de oração, mas assim como peço respeito do próximo para as divindades e das divindades para comigo, como os respeito, quando estou Zen, Feliz, Tranquilo, me deito nas fraquezas, me entrego ao corpo, mente e espírito e transponho barreiras... E é tão bom, tão humano... libertador!
Foi mais ou menos assim......

"Deuses, sei que fico por muito tempo sem falar com vocês, mas existem dias que estamos inspirados e que isso é problema meu, entendo que vocês não tem nada a ver com os problemas que enfrento, todas as punições que recebo são relacionadas às minhas ações, na verdade à falta de ação, reações do meu Ka e karma. Entendo, nos momentos mais "humanos", quando me lembro de tudo isso e me recordo de que é minha  a falha!

Sobre minhas promessas, jogadas ao vento, lhes peço perdão, tomando ciência de minha falta para com meus amigos, familiares, amores e queridos, que tantas vezes me guardo só para mim e minha insensata solidão. Não mais ficarei parado, não posso mais, pois tenho muito que orar, fazer, aprender, melhorar e trabalhar, por eles, para eles e por mim, para mim.

Essa é minha reação, sem compromissos, sem promessas, assim não me prendo ao momento, nem desperdiço nenhuma energia desnecessária, focando na mudança e não no planejamento dela.
Tive um final de semana maravilhoso, onde me dou conta do que realmente é válido, reconheço o valor dos amigos, da felicidade espontânea e da simplicidade de cada segundo.

Especiais são os momentos em que nos estregamos ao curso do mundo, sem perder a liberdade, mas seguindo o ritmo natural das coisas.
O que eu não tenho feito faz algum tempo!
E talvez essa seja minha maior punição, o que tem me tirado os alicerces para me mostrar que não tenho feito o necessário para manter-me de pé!

Estou agora procurando ajuda, farei terapia, reconheci minha dor, ela é persistente e me faz ver que preciso mesmo de muita ajuda e não há porque fugir dela.

Preciso de força, pois a minha fraqueja...
Preciso da paz que eu me afastei...
Recuperar a vontade que joguei fora...
Encontrar novamente a alegria afogada na depressão...
Gerar sorrisos, reacender esperanças e sonhos...
Realizar e ajudar aos outros como antes fazia, de forma tão espontânea, tão sadia!

Pais e Mães celestes... lhes peço pelos que Amo! Eles foram a única coisa que me manteve vivo e por sacrifício de muitos deles eu hoje entendi o que a tempos não via... Toque a todos eles, todos os meus amores com sua Luz e leve felicidade, e mais Amor aos seus corações!

Ergo minhas mãos e lhes dedico minha energia, meu corpo, minha alma e meu espírito por Amor!
Por meus Amores!!!
Que assim seja e assim se faça!

Comentários

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...