Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Uma história no passado...

Quero te contar a história de quando eu era jovem e como era o mundo até então.

  Para começar, todos adoravam dizer que faziam o que não gostavam, que queriam mudar de vida e mudar o sistema, mas não mudavam de atitude, não faziam diferente e não faziam a diferença, principalmente.
  A indiferença, a ganância e o desrespeito eram as religiões mais cultuadas na época, e justificavam suas ações como sendo baseadas na proteção da moral da sociedade e para trazer paz ao mundo.
  A política era um vírus que usavam para governar cidades, estados e países, que elegia numa grande festa um vírus para cada forma possível de controlar a liberdade, eles criaram barreiras e empecilhos para o progresso e o desenvolvimento de educação de qualidade, programas que garantiam as necessidades básicas de sobrevivência da população, de incentivo a cultura, literatura e preservação do meio ambiente.
  Os deuses foram completamente esquecidos e substituídos pelo dinheiro, moeda de troca da época. Seu domínio foi total e houve guerras, roubos e mortes por sua posse.
  O trabalho foi trocado pelo emprego, que fazia escravos por onde passava, todos o odiavam, mas tinham medo de ir contra ele, pois sem o emprego, não teriam como se encontrarem com o "deus" dinheiro no final do mês (única vez em que deus realmente estava com seus fiéis).

  A educação era tratada com desdém e, foi exatamente nas escolas que a política atacou com mais força para destruir as defesas da sociedade, pois era na educação que se formavam os anticorpos contra seus vírus. Sem educação, eles poderiam agir livremente.
A morte da educação se deu em 2 atos:
  - os alunos não precisavam estudar para avançar as séries, pois eliminaram a reprovação;
  - cortaram os investimentos na qualidade de ensino.
  E para enganar a vanguarda educacional, que eram os anticorpos criados antes dos planos da política tomarem ação, eles criaram formas de desmoralizá-los em praça pública:
  - criaram programas que distribuem dinheiro público para população "carente";
  - controlam a mídia calando a voz da população e mostrando livremente suas ações mais hediondas sem nenhuma consequência;
  - patrocinaram festas e atrações, maravilhas grandiosas de conteúdo fútil e sem qualquer utilidade.
Dessa forma a população, já desprovida das defesas da educação, foram enganadas e hipnotizadas pelos vírus políticos, colocando-os contra a vanguarda educacional para que suas festas e sua verba extra não lhe fossem tiradas.
  Com o apoio da população, os vírus estavam livres espalharam suas doenças por todo o planeta, então:
  - criaram brechas que tornaram legais crimes contra animais, meio ambiente e que dificultam a punição de criminosos;
  - anularam com força bruta passeatas e protestos;
  - exploraram outros países com guerras para obter maior controle do "deus" dinheiro sobre a Terra;


Destruíram tudo...

  A população voltou suas preces para a política e seus vírus, que possuíam agora o poder do "deus" dinheiro, mas eles não puderam fazer nada. Água era escassa, os animais quase já não existiam já que as cidades haviam subjugado as florestas e campos, e assim diminuiu a produção de alimentos.
  Os vírus ficaram mudos, e o "deus" dinheiro morreu junto com o planeta. Ao passo que isso foi acontecendo, a população se deu conta que a vida que eles tinham não poderia se sustentar, pessoas morriam de fome, sede e eram vítimas de doenças pois não havia mais recursos medicinais ou curativos.

  Começaram do zero.
Cultivaram a terra e fizeram o possível para limpar a água, preservaram as poucas árvores e plantas que ainda viviam, mantiveram os animais juntos para que voltassem a reproduzir. Derrubaram os muros e desfizeram as estradas, retiraram todas as barreiras para o ciclo natural e pouco a pouco, depois de anos de trabalho e solidariedade, conseguiram reverter grande parte dos danos que causaram ao ecossistema.

  Espero que vocês não tenham problemas iguais aos que eu enfrentei e espero que sua juventude dê valor à educação e ao meio ambiente, pois o gosto da destruição é amargo, passar fome é pior que não ter a tecnologia de ponta que não serve de nada para sua sobrevivência e ver seu planeta sem vida é pior que morrer...

Boa sorte...

3 comentários :

  1. Há poucos dias estava discutindo com alguns amigos sobre paralelos do Deus Dinheiro e Deuses Antigos na importância da sociedade.
    Devo confessar que me senti uma formiguinha manipulada com as conclusões que chegamos...

    ResponderExcluir
  2. Eu me sinto uma formiguinha vendo o vírus da política manipulando o mundo livremente...
    Me dói o cérebro de como eles saem impunes das barbaridades que cometem! :S

    ResponderExcluir
  3. elfo, elfo, isso já não aconteceu aqui não?

    ResponderExcluir

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!