A Beleza dos Relacionamentos - Quiroga

Todos os relacionamentos humanos, ainda os que consideramos de pior natureza, revelam beleza cósmica; todas as entidades que compõem o infinito precisam umas das outras, são interdependentes e se relacionam de acordo com suas naturezas. Mesmo a dinâmica egoísta, que a tudo parece separar, manifesta temporárias conexões afirmando “isso é meu” “isso é teu”. Nem os solitários se livram da beleza da interconexão de tudo com tudo, porque em suas aparentes solidões das quais não querem ou não podem sair se encontram em constante conexão com todas as outras almas solitárias que experimentam a mesma situação. Porém, todas as conexões e relacionamentos serão temporários até reconhecerem a verdadeira natureza daquilo que os estrutura.

Diário de Bordo - Quiroga
Data Estelar: Sol e Marte em conjunção, Vênus ingressa em Capricórnio; Lua começa a crescer em Peixes.

Comentários

  1. Algo real não é necessariamente tangível. Algo profundo, não é necessariamente frio ou triste. Algo sincero não é necessariamente bom ou feliz. Algum relacionamento não é necessariamente apenas contato.

    ResponderExcluir
  2. de uma profundidade incalculável isto aqui!

    ResponderExcluir
  3. a propósito: dei uma vasculhada no blogue e espalhei alguns comentários aí abaixo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!

Postagens mais visitadas deste blog

Ensaios Umikizu - um sonho em forma de livro no Catarse!

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...