"Dolce Far Niente"

AHHHHH
Que delícia!
Hoje eu me sinto um pouco mais EU!

Sabe, fiquei o dia em casa, assisti jogo de voley (o Brasil perdeu pra Russia) assisti metade da corrida da F1 (isso porque, sei lá, tinha acabado o jogo e fiquei assistindo...) teve seus bons momentos quando tiveram problemas no microfone do Galvão Bueno, pensei na hora "HAHA Tiraram o Galvão do ar kkkkkkkk"

Daí enquanto eu esperava meus pais voltarem com o carro, preparei uma comidinha básica: Fatias de Peito de Peru Grelhadas com Omelete de Arroz! Ficou uma delícia! `^^´

Eles chegaram, conversei um pouco, falei com o meu tio que estava junto e saí...
EU SAÍ E FOI TUDO DE BOM!!!!

Fui pro teatro, assisti "TPM Katrina" um ótimo espetáculo, pena que curto, que falava de uma mulher (que só falava) e sua "tempestade" de TPM... e tem as coisas que aprendi com a peça:
- Foi ótimo constatar que gosto mesmo de homens...
- Foi horrível saber que eu tenho TPM de vez em (quando?)...

O mais importante, veio depois da peça!
Eu ia embora... mas daí no caminho para o carro (parei o carro do outro lado do shopping, tipo teatro de um lado, carro... ...do outro) me deparei com a praça de alimentação LOTADA e o cinema olhando pra mim... (detalhe, o cinema é no meio do shopping) e eu falei: "Vamos ver no que vai dar, né?"

Pois foi então que nem olhei o que tava passando, peguei a fila do atendimento eletrônico (que sempre é menor, particularmente hoje estava ainda menor) E fui... escolhi um filme, Comer, Rezar, Amar, pois é, escolhi esse....

Não preciso dizer que o filme é bom, não preciso dizer que as partes na Índia me dão calafrios, não preciso dizer que adorei (e vou praticar) "Dolce Far Niente!!!" em bom português "a doçura de não fazer nada!"

E agora, eu sei um pouco mais do que me incomoda, eu aprendi um pouco mais de mim... E agora eu tenho um ponto pra focar!
Sabe o que isso me ajuda? Nem eu sei, não se preocupe...

Eu sei que eu preciso chorar, o filme ajudou, mas só marejou os olhos e eu ri da outra palhaçada...
Eu aprendi que não procuro um amor, eu procuro mesmo é um cumplice! (o acento ficou tão feio, eu tirei de propósito! hunf)

Ahhh um cumplice que fique acordado comigo, que goste de fazer coisas loucas, que seja 3 da tarde ou da madrugada, esteja sempre disposto para MAIS!
Mais tudo, e absolutamente, mais "Dolce Far Niente!!!" KKKKKKKKKKKKKKK

Ainda sim, depois de hoje, eu dou ainda mais valor por estar sozinho...
Tenho a roupa suja pra lavar, a casa empoeirada pra limpar, um mundinho pra cuidar e muito amor pra dar!
Como disse a enlouquecida de TPM: "Deu é Amor!" (faltou alguma coisa aí? hihi)
E não adianta levar por trás! É seu, você dá se quiser!
Eu dou o que posso, o que não posso...


...mando entregar! ;-)

Comentários

  1. Estou mandando o meu endereço via e-mail. Pode mandar entregar em qualquer dia da semana, após às 18h, ou aos sábados e domingos (durante o dia inteiro). Recebo pessoalmente! ;) #ficadica

    ResponderExcluir
  2. Vc é lindo amigo! Abraço pra ti!!!

    ResponderExcluir
  3. A-DO-REI!!!
    Você, como sempre, supera todas as espectativas...rs
    Bjinhos, phopho!
    ;oP

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Dee!!
    Que legal te ver por aqui, iluminando ainda mais o blog! `^^´

    Beijão, e seja bem vinda!

    ResponderExcluir
  5. como um imã me grudei as palavras, e mesmo com o sono tive que ler até o final. Lindo!

    ResponderExcluir
  6. Como sempre, inspirado, né amigo! ? Adorei seu pensamento, e estou vivendo assim como vc: me curtindo e curtindo os pequenos, mas grandiosamente belos, momentos da vida. Beijos e abraços de sua amiga Lia! ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...