O que está fora é como o que está dentro

Hoje vou falar sobre um assunto muito sério e que devemos prestar mais atenção no nosso dia-a-dia.
Como já falei para vocês das leis Herméticas, vou falar hoje em especial sobre a segunda lei: Lei da Correspondência: "O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o que está em cima".

A Lei da Correspondência nos faz entender que os diferentes pontos de referência nos levam a ter um entendimento diferente de uma determinada situação, acontecimento e até de objetos. E que existe uma correlação, portanto uma correspondência, entre fatos e fatores ao nosso redor dos quais não entendemos ou não nos atentamos, por não reconhecer esse elo.

Um exemplo simples é imaginar que somos os únicos seres inteligentes em toda a galáxia ou o universo. Não é uma verdade, só não conhecemos ainda (ou simplesmente não nos deixam conhecer mais) sobre outros seres. E a partir deste exemplo, podemos criar uma cadeia interminável de correlações e questionamentos, neste caso em específico, sobre o que está fora é como o que está dentro, considerando "fora" uma analogia ao espaço/universo e "dentro" como nosso planeta Terra.

Não estamos sozinhos e já temos provas mais que suficientes disso, os UFOS, são cada dia mais comentados, mas ainda escondidos por organizações e governos.
Mas se eles estão lá, por quê eles simplesmente não aparecem de vez em algum lugar com muita gente e pronto?

Porque eles são seres em um estágio evolutivo diferente do nosso e não podem interferir em nossa evolução, nem mesmo aparecer e gerar furor já que seriam considerados "notícia", como qualquer novidade se torna em nosso planeta.
A vinda de seres extraterrenos iria interferir em nosso caminho evolutivo, podendo causar danos e sérios problemas, pois a humanidade não está preparada para um encontro tão impactante. Exemplifico: você pode acreditar em UFO, estudar e estar "acostumado" com as séries e livros que falam sobre eles, mas encontrar uma nave no quintal da sua casa iria lhe assustar, e você não ficaria menos assustado do que excitado. Portanto, seria um grande problema. Mas já estou lhe afirmando, sim eles existem e estão por aqui na Terra também.

O que nós precisamos para entender mais sobre o que está "fora" e evoluir para que possamos compreender os fenômenos sobrenaturais de "dentro" é duvidar, questionar, estudar, buscar informações e, principalmente, expandir nossos horizontes, buscar aprimorar nosso entendimento e até o que está "dentro" vai passar a fazer muito mais sentido.

Aliás que sentido, os nossos sentidos, podem e devem ser treinados para que possamos não só ver, mas enxergar, não só ouvir, mas escutar e com esses atributos entender mais sobre nós, sobre o nosso próximo e sobre o mundo em que estamos inseridos.
Faz muito mais sentidos quando escutamos o nosso próximo e conseguimos enxergar o que ele quer nos transmitir.
Faz muito mais sentido quando entendemos, compreendemos e adquirimos conhecimento sobre um assunto ou sobre uma situação.

Por isso devemos treinar e entender mais sobre o "dentro" de nós e o "fora" de nós, o quanto isso influência o "dentro" e o "fora" do próximo e a diferença que causa no nosso dia-a-dia. Assim vamos juntando cada peça do quebra cabeça da vida...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ensaios Umikizu - um sonho em forma de livro no Catarse!

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...