O Mundo é meu pequeno laboratório

Hoje enquanto estava no trabalho, me peguei pensando:
Estou sempre entre muitas pessoas e minha natureza observadora e sagaz, me faz prestar atenção em cada uma delas. Em determinados momentos, fico olhando cada ação nos mínimos detalhes e vou guardando as informações no meu banco de dados. Conheço algumas mais até que elas mesmas.

Vou olhando, observando e aprendendo sobre a pessoa e com isso vou me melhorando.
Aproveito uma qualidade positiva deste aqui, daquela eu vejo que ajo tão errado quanto e corto na hora.
Depois de observar uma criança, eu vejo que a vida é simples.
Depois de observar um idoso, acredito cada vez mais que nada é tão difícil e muito menos impossível.

As vezes eu me pego perdido, vendo uma pessoa cometer os mesmos erros e fico agoniado, pois não consigo entrar em contato, mostrar o que está acontecendo e ajudar.
As vezes, fico frustrado por alguns segundos, porque consigo ajudar, mas a pessoa não deixa.
E tem vezes que sou muito acertivo e as pessoas se assustam! Me perguntam como sei de tudo aquilo, se acabei de conhecê-la e eu digo "Sou sensitivo =D", mas já conhecia até a rotina dela, antes mesmo de ela saber de minha existência.

Quando paro pra pensar, as vezes conheço tantas pessoas que até tornam-se especiais na minha vida, mas essas pessoas nem sabem que eu existo. Nem mesmo me viram uma vez na vida, mas eu conheço sobre o relacionamento furado, os problemas de seus pais e que ela não se entende com o porteiro do prédio.

Eu sou o Observador, e utilizo esse conhecimento e essas informações para minha evolução. É de certa forma egoísta, pois eu aprendo com os problemas dos outros, mas eles podem fazer o mesmo comigo.
Não se preocupe, as informações são todas sigilosas e mais ninguém tem acesso aos arquivos. `^^´

O Mundo inteiro é meu pequeno laboratório... E eu realmente vejo a cada dia, que amo cada humano, cada um deles, até mesmo os que não se dão bem com nada, pois todos eles me são especiais pela sua existência.

Obrigado...

Comentários

  1. Allan, lendo seu texto me lembrei que há 25 anos faço laboratório para ser uma sogra daquelas que não tem para ninguém.

    Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que interessante Claudiane!
      Tenho certeza que seu genro ou nora serão bem felizes com isso! :D
      E eu fico feliz que tenha adorado! `^^´
      Abraços do Elfo.

      Excluir

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!

Postagens mais visitadas deste blog

Ensaios Umikizu - um sonho em forma de livro no Catarse!

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...