Love like Ponyo!

O Amor que vale a pena é aquele que vem como uma onda do mar e nos deixa felizes simplesmente pela sua vinda, se ele vai embora, assim como a onda vai embora, ela volta outra vez... e a Vida e o Amor continuam!

Pense no outro lado também, pois a onda é o amor do mar, e quando ela vai até a praia, o mar sente saudades, mas ela volta, pois este é seu verdadeiro Amor. E isso acontece em um ciclo infinito, entre todas as existências no mundo. Tudo vai e volta, pois ali é onde seu Amor está, e por isso quando volta, está renovado, está mais forte, está ali, fiel.

Eu já me deparei com várias ondas no meu mar.
Muitas delas vão e voltam, algumas demoram mais pra ir, outras demoram mais pra voltar, mas elas continuam com o ciclo.
Mas o meu Amor está em outro mar. Geralmente, os mares estão ligados, mas isso só acontece na geografia da humanidade. Os mares são muito ocupados em manter o seu equilíbrio, manter tudo em ordem, pois são responsáveis por muitas vidas e muitos amores. Não é falta de tempo, nem mesmo de oportunidade, pois para o mar o tempo é diferente, é lento, mas sua rotina é agitada e portanto, é também a do mar amado.
Os dois estão sempre juntos, nunca sozinhos, mas sempre ocupados. O Amor entre mares é de muita tormenta e tempestades, repleto de contratempos e principalmente de difícil convívio.

Apesar de não estarem presos ao tempo, e por serem grandes, os mares estão ligados a tudo, porém sem o privilégio que tem as ondas de ir e vir, ficam esperando a onda voltar... Mas é consequência do tempo do mar ser diferente do tempo dos outros seres, afinal o mar também se move nesse vai e vem, muito lentamente e abrangente, chegando mais perto por longos períodos, mas também afastando-se por muitos anos.
Aguardando o momento, pois quando acontecer, será especial.
Tem de ser especial, pois é tão único!


It's Love like Ponyo!

Comentários

  1. Amores especiais sempre aparecem para quem sabe brincar na orla, e está atento para os movimentos das marés. Você me parece estar preparado, marujo! Então, ice as âncoras e atire-se ao mar. Ele sabe ser carinhoso com quem pode contemplá-lo.

    ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...