A Lenda da Katana

Irashaimase!



Existiu a muito tempo a lenda de uma espada, uma Katana, chamada 海傷 (Umikizu) que em português se traduz: Corte dos Mares.
Como o próprio nome nos diz, a lenda conta que essa espada era capaz de cortar os mares com apenas um golpe. E foi nas águas, nem agitadas nem calmas, dos mares onde ela foi forjada, por isso foi abençoada pelo elemento do equilíbrio.

A lenda nos conta da qualidade da lâmina, da riqueza dos detalhes que foram cuidadosamente esculpidos em toda sua extensão. O metal é de uma liga desconhecida e é muito leve porém, resistente e afiado.
O cabo e a bainha da espada também eram trabalhados, enfeitados com muitos detalhes em prata, leves e equilibrados na sua composição, lembrando as ondas quebrando na praia. No final do cabo, uma fita azul foi amarrada, para simbolizar a fidelidade e a união da espada com seu guerreiro e do guerreiro com o mar...

Esta espada desapareceu com seu guerreiro, que segundo a lenda, era conhecido como Pandumiel Tunmarë.
Poucos conhecem essa história, que se passou no Japão, muito antes de serem conhecidos os guerreiros Samurais que usavam as espadas chamadas Katana.

Esta espada foi minha inspiração para o nome do blog, pois eu respeito muito a cultura japonesa e a cultura Samurai, além de gostar muito de tudo relacionado ao elemento Água.
E somente ao citar o nome Umikizu, surge um sentimento de nostalgia...

Bem vindos ao meu novo blog. `^^´

Pandumiel Tunmarë...

Comentários

  1. Firstei!
    Elfo me empresta a espada!??

    ResponderExcluir
  2. Aí gostei do seu blog... inclusive não sabia sobre esta lenda, é novidade para mim !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita Tarcisio!
      Seja sempre bem vindo!
      E tem muita história no blog, Aproveite! `^^´
      Abraço!!!!

      Excluir

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...