A Iniquidade que nos envergonha

A INIQUIDADE QUE NOS ENVERGONHA.

Data estelar: Júpiter e Urano em conjunção; Lua continua crescendo no signo de Capricórnio.
A iniquidade que nos envergonha, ainda que em si mesma signifique não haver mais vergonha perante a prática de crimes e incorreções, é a mais clara expressão de que o processo mundial requer intervenção divina. Os deuses se expressam através dos humanos e se pretendemos corrigir o rumo do mundo teremos de começar o trabalho reformulando nossos valores íntimos. Esta transformação não pode acontecer como resultado de leis, isso nunca deu certo. A regeneração terá lugar entre nós quando, como indivíduos, sejamos conscientes do que nos limita em pensamento, palavra e obra. A iniquidade viceja perigosamente hoje em dia porque outrora e agora achamos que quando a testemunhamos não era tão importante lhe fazer frente e vencê-la.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O misterioso Escorpião!

Arte: Fine Art de Vladimir Kush...

Não morrer jamais...